Busca rápidaX

MANCHETES

Em menos de quatro meses Demei efetua mais de 1400 cortes no fornecimento de energia em Ijuí

15 de dezembro de 2020

No mês de Setembro o Demei de Ijuí retomou o serviço de cortes no fornecimento de energia aos consumidores inadimplentes. A autarquia havia suspendido a ação em função da pandemia, porém, no segundo semestre retomou a atividade.

Segundo o chefe de equipe de cobrança e serviços administrativos, Cleber Sopran Lopes, no mês de Setembro foram efetuados 523 cortes. Em Outubro, 408. Em Novembro, 365 e até o dia 15 deste mês, 152 , totalizando 1448 cortes em quatro meses. O índice de inadimplência no período foi de 7,5%, e os principais consumidores em débitos são residenciais.

Antes de efetivar a ação, uma equipe da autarquia entra em contato com o consumidor inadimplente, possibilitando a renegociação da dívida. Se ainda assim não houver negociação, aí sim é efetivado o corte.

Segundo o chefe de equipe de cobrança e serviços administrativos do Demei, Cleber Sopran Lopes, os cortes são gerados por rotas, por isso não é possível filtrar no sistema a quantidade de faturas em aberto. “São destinados às equipes formulários de quem tem mais débito dentro daquela rota, sendo que após o corte dos devedores mais antigos, passa para os com menos quantidade de débito, mas tudo dentro da mesma rota” afirma Cleber.

Sobre as religações de energia geradas após a suspensão do pagamento, elas ocorrem de duas formas, que ficam a critério do consumidor: religação urgente, com prazo para conclusão do serviço em até 4 horas após solicitado e religação normal, com prazo de até 24 horas após o solicitado. As religações têm custo cobrado na fatura de acordo com determinação da Aneel.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!