Busca rápidaX

Em Porto Alegre, Bolsonaro não se importa com superlotação no sistema prisional: “sempre cabe mais um”

30 de agosto de 2018
Jair Bolsonaro do PSL, cumpriu agenda no estado com a candidata ao senado Carmen Flores, também do PSL

O candidato à presidência da república Jair Bolsonaro, do PSL, cumpriu agenda no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. Ele participou do evento Brasil de Ideias da Revista Voto, em Porto Alegre, e depois visitou a Expointer, em Esteio. Antes de discursar na capital, Bolsonaro concedeu entrevista coletiva aos jornalistas. Questionado sobre as propostas para solucionar os problemas do sistema prisional, o candidato disse que não é uma prioridade dele pensar na superlotação nas penitenciárias.

“Eu tô preocupado é em como o vagabundo antes de ser preso trata a população de bem. Essa é a minha preocupação número um. Eu sei que a cadeia ali é a ante-sala do inferno. Quem se preocupa com a sua integridade física não faz besteira, porque se for pra lá, o bicho vai pegar, em especial estuprador. Não quero que ninguém sofra dentro da cadeia, mas se o Brasil não tiver recursos para fazer novas penitenciárias, no que depender de mim, vamos encher aquele negócio lá. É igual coração de mãe, cabe mais um lá. Prefiro que a vida deles seja um inferno, do que a vida do cidadão de bem seja um inferno”, enfatizou.

Bolsonaro ainda ressaltou que vai sair do acordo do clima de Paris, justificando que o país não poderia abrir mão de parte do seu território, pois, segundo ele, a amazônia seria considerada patrimônio mundial, com o Brasil perdendo a ingerência sobre a região. Ainda no tema meio-ambiente, o candidato do PSL, afirmou que se for eleito, vai acabar com as reservas para os índios no país.

“Se eu chegar lá, não quero mais um centímetro quadrado pra terra indígena. Sou apaixonado pelos índios, conheço o índio como capitão do exército, nas andanças pelo Brasil. O índio quer se integrar à sociedade. Mas hoje em dia, em um país como o nosso, que tem uma área maior que a região sudeste demarcada por terra indígena, cujo subsolo é riquíssimo, eu acho que tem que se preocupar com isso”, argumentou Jair Bolsonaro.

Compartilhar
  • 166
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    166
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!