Busca rápidaX

Em prisão domiciliar, homem tenta arremesso em presídio, troca tiros com a BM e é morto em Carazinho

5 de setembro de 2021

Foi identificado como Rodinei da Silva, 30 anos, o homem morto em confronto com a Brigada Militar (BM), neste domingo (5), por volta do meio-dia, após tentativa de arremesso de objeto para o Presídio Estadual de Carazinho (Pecar).

Rodinei estaria realizando os arremessos junto com outro comparsa quando a Brigada Militar foi chamada por agentes da casa prisional que perceberam a ação. O parceiro dele, cuja identidade não foi revelada, foi preso em flagrante.

Segundo a polícia, Rodinei fugiu e disparou contra os policiais, que revidaram. Ele chegou a ser levado ao Hospital de Caridade de Carazinho (HCC), mas não resistiu aos ferimentos.

Ele teve várias passagens pela polícia e estaria em prisão domiciliar, conforme a BM. O outro suspeito preso usava uma tornozeleira eletrônica, mas foi considerado foragido por violar o perímetro estabelecido pela polícia.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Diário da Manhã
error: Conteúdo protegido!