Busca rápidaX

Emater/RS-Ascar comemora 50 anos do escritório municipal em Tuparendi

1 de dezembro de 2016
Desde que os primeiros extensionistas, técnico agrícola Celso Kaminski e a assistente administrativa Imelda Brun chegaram a Tuparendi para a inauguração do escritório municipal da Emater/RS-Ascar em 30 de dezembro de 1966, uma nova trajetória de desenvolvimento do meio rural passou a ser construída com o apoio dos agricultores e entidades locais. Ao longo destes 50 anos de história, diversos outros personagens se engajaram, entre extensionistas, famílias rurais e lideranças, levando a conquistas celebradas em ato realizado nesta quarta-feira (30/11), no Centro Cívico Cultural, com a presença de entidades parceiras e autoridades municipais.
Em um primeiro momento, o chefe do escritório municipal Albino Motter da Emater/RS-Ascar conduziu a apresentação de um breve histórico da extensão rural no município, com ações voltadas na primeira década à assistência a atividades como cultura do milho, mandioca e trigo, produção de subsistência, em um contexto de tração animal (arado pula toco), suinocultura e, posteriormente, avançou para ações de melhoria da fertilidade do solo com a Operação Tatu, mecanização das lavouras, organização comunitária através dos Clubes 4 “S” (Saber, Sentir, Saúde e Servir) e grupos de jovens, proteção de fontes, ações de melhoria do saneamento básico e qualidade de água, entre outras. Nas décadas de 80 e 90, o cenário do meio rural de Tuparendi passou a ser transformado em um período de ações intensas de melhoria no uso e manejo do solo, associativismo, alternativas como o baculovírus, fomento à atividade leiteira, crédito rural, olericultura, fruticultura, organizações como a Feira do produtor e agroindústrias.
Atualmente, a equipe municipal da Emater/RS-Ascar – composta pelo técnico Albino, pela engenheira agrônoma Débora Schallemberger de Souza, pela extensionista social Patrícia Diel Wietholter e pelo assistente administrativo Evandro Kreutz – presta assistência a 560 famílias rurais de Tuparendi, por meio de políticas públicas dos Governos Estadual e Federal e outras ações de assistência técnica e extensão rural. Entre os focos de atuação estão a assistência à atividade leiteira, reservação de água e irrigação, fruticultura e olericultura, segurança e soberania alimentar, agricultura de base ecológica, organização rural, manejo de solos e água, programas socioassistenciais, resgate e aproveitamento de plantas bioativas, secagem e armazenagem de grãos, ATER voltada às mulheres, crédito rural, agroindústria, juventude rural e qualificação profissional, gestão ambiental, energia fotovoltaica, entre outros. “A comunidade tem a oportunidade de ter à disposição extensionistas que estão sempre buscando se qualificar, e estão à disposição para facilitar o acesso a políticas públicas e a ferramentas que podem auxiliar as famílias a gerar mais renda e permitir melhores condições de trabalho e de vida”, afirmou, na oportunidade o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura, que na oportunidade, esteve acompanhado também do chefe de gabinete Jorge Siebert e do gerente técnico Valmir Netto Wegner.
Ao observar o relato das atividades desenvolvidas ao longo dos últimos anos, o gerente regional da Emater/RS-Ascar destacou que “esses 50 anos foram de muito trabalho, de muito suor, com uma caminhada conjunta entre Emater e comunidade. Por isso, é importante agradecer ao povo que acreditou no trabalho e criou laços importantes, inclusive de amizade, com os extensionistas”.
A Presidente da Câmara de Vereadores, Araci da Rosa de Souza falou em nome do Poder Legislativo e também como assistida da Emater/RS-Ascar. “Penso o que seria do município sem a Emater, em termos de conhecimento e de desenvolvimento. Desde o quanto se aprende nos grupos de mulheres e os resultados desta e de outras ações com associações e produtores em relação à saúde, a ideias novas para geração de renda, tecnologias que refletem tanto no campo como na cidade”, salientou.  
Na sequência da fala, a presidente Araci e o vereador Geraldino Morin, proponente da homenagem, entregaram, em nome do Poder Legislativo, uma placa à equipe da Emater/RS-Ascar em reconhecimento ao trabalho prestado no município ao longo dos últimos 50 anos.
O prefeito Olavo Pawlak também reiterou a homenagem ao trabalho realizado. “Tenho orgulho, e reitero isso com convicção, da equipe municipal da Emater de Tuparendi, pelo engajamento do trabalho com associações, tecnologias, atividade leiteira, enfim, pelos avanços que trouxe ao nosso município. Ele não seria o mesmo sem a Emater”, afirmou.
Prestigiaram o ato também diversas entidades  parceiras, entre elas, Banco do Brasil, Banrisul, Cresol, Sicredi, Associação Comercial e Industrial (ACI), Conselho Municipal de Desenvolvimento, Coopermil, Dinon, Grupos de Mulheres, Rádio Comunitária 104.9, APSAT’s, Associação dos Clubes de Mães, grupos de artesãos e secretarias municipais. Ainda, esteve presente o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Fernando Dornelles Fagundes, que integrou a equipe municipal de Tuparendi por 34 anos.
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!