Busca rápidaX

Entidades educacionais gaúchas se manifestam contra projeto que altera idade para ingresso no Ensino Fundamental

27 de janeiro de 2020

A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) – regional do Rio Grande do Sul – e demais entidades educacionais do Estado ingressaram na Justiça contra o governo gaúcho. A medida foi tomada, semana passada, visto projeto sancionado pelo governo Eduardo Leite que permite o ingresso, no primeiro ano do Ensino Fundamental, de crianças que não tenham completado seis anos de idade até 31 de março.

Durante entrevista nesta manhã na RPI, o presidente da Undime/RS e secretário de Educação do município de Estrela, Marcelo Mallmann, disse que a nova legislação gaúcha vai contra a lei federal. Além disso, frisou que a entidade não foi consultada sobre essa mudança nas regras e nem comunicada que a matéria tramitava na Assembleia Legislativa.

Para Marcelo Mallmann, não houve construção democrática sobre o projeto. Apenas houve reunião com o deputado estadual, Eric Lins, do Democratas, autor da proposta. O presidente da Undime entende que é preciso respeitar a maturidade da criança. Por outro lado, a lei começa a vigorar já neste semestre, ou seja, muito próximo do início do ano letivo, o que altera a questão de vagas no Ensino Fundamental.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!