Busca rápidaX

Escola Senai de Ijuí sente reflexos da crise financeira e registra redução na procura por cursos

7 de dezembro de 2016
A atual crise financeira, que afeta vários segmentos da economia brasileira, reflete também nos cursos profissionalizantes da escola Senai de Ijuí. O diretor do educandário, Marcos Henkes, disse nesta manhã na Progresso que no segundo semestre deste ano houve sensível redução na procura por cursos por parte da comunidade. Ele acredita que isso deve permanecer no primeiro semestre de 2017. A qualificação no segmento de construção civil é a mais afetada, segundo Henkes, pois existe muito desemprego no setor.

Uma das áreas que se manteve aquecida por cursos no Senai de Ijuí foi a automotiva, visto que propicia que muitas pessoas trabalhem de autônomas, ou seja, abram o próprio negócio em casa, através de conserto de veículos. Além disso, o diretor Marcos Henkes observou que o segmento de automomação ajudou a salvar um pouco o segundo semestre de 2016 no Senai, pois essa área complementa os setores elétrico, mecânico, hidráulico e pneumático. Por isso, cursos de automomação vão ter boa oferta no próximo ano.

Marcos Henkes, na mesma entrevista na RPI, explicou que no segundo semestre de 2016 teve diminuição nos cursos demandados por empresas. São cursos fechados, em que as empresas contratam para os funcionários. Nesses casos, os empresários procuram basicamente cursos sobre normas técnicas, exigidos por legislação.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!