Busca rápidaX

MANCHETES

Escritório regional da Emater de Ijuí tenta incrementar produção de peixes

21 de janeiro de 2019

A região de Ijuí se constitui num centro de diversificação de culturas para a área agrícola, o que inclui a piscicultura, apicultura, suinocultura, também produção de leite e outros segmentos. Na piscicultura, os municípios de Ijuí e Ajuricaba, além de alguns da região Celeiro, se destacam na produção e comercialização de peixes.

Segundo o engenheiro agrônomo do escritório regional da Emater, com sede em Ijuí, Antônio Altíssimo, em Santo Augusto, Crissiumal e Ibirubá existem projetos de implantação de abatedouros, semelhante ao que já há em Ijuí e Ajuricaba.

Altíssimo comenta que a criação de peixes é uma área economicamente muito viável, mas esbarra, por exemplo, em mão de obra qualificada para abate e comercialização. O agrônomo frisa que se a produção for bem desenvolvida, a piscicultura pode produzir resultados financeiros semelhantes à fruticultura.

A Emater possui algumas preocupações, além de incentivar a produção de peixes, ou seja, também especializar os produtores em cortes diferenciados da carne para o consumidor e motivar o consumo mais regular desse alimento, para que não ocorra apenas na Semana Santa. Carpas se constituem nas principais espécies de peixes cultivadas na região de Ijuí.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!