Busca rápidaX

Estado distribuiu de forma parcelada medicamento para portadores do HIV

20 de junho de 2017

Para garantir que ninguém fique sem o tratamento, a Secretaria estadual de Saúde (SES) está distribuindo a medicação prescrita a portadores de HIV na quantidade exata para 15 dias. Com isso, os pacientes precisam buscar os comprimidos duas vezes por mês nas farmácias do Estado, já que um frasco é repartido em dois.

De acordo com a SES, o motivo seria a quantidade menor de remédios repassada pelo Ministério da Saúde ao Rio Grande do Sul. De acordo com a secretaria, os 37 mil comprimidos do Antirretroviral, oriundos do último repasse, já foram distribuídos aos pacientes.

Mas o Ministério da Saúde nega o problema. Em nota, o governo federal garante que “não há falta do medicamento no País e no Rio Grande do Sul”. O Ministério da Saúde ainda afirmou que, até o final de julho, será entregue pela União quantitativo suficiente para suprir dois meses de consumo – o que, em média, daria 1 milhão de comprimidos

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!