Busca rápidaX

MANCHETES

Ex-chefe de grupo de escoteiros de Fontoura Xavier é denunciado por estupro de vulnerável

14 de novembro de 2019
Reprodução/Facebook

A Promotoria de Justiça de Soledade apresentou denúncia nessa quarta-feira (13), contra o ex-chefe de um grupo de escoteiros de Fontoura Xavier, pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude. Ele havia sido indiciado pela Polícia Civil em outubro. À época dos crimes, entre 2009 e 2014, as vítimas tinham entre 10 e 17 anos.

Conforme a denúncia, 14 crianças e adolescentes foram vítimas do homem entre os anos de 2009 e 2014. Como os crimes foram cometidos em concurso material, o Código Penal prevê a cumulação das penas privativas de liberdade. A pena prevista para violação sexual é de dois a seis anos de prisão e, para estupro de vulnerável, oito a 15 anos, para cada ocorrência. Parte dos jovens foi vítima dos dois crimes diversas vezes.

Segundo as investigações, o denunciado utilizava-se de fraude e artifícios intimidantes como sua autoridade em razão da posição de chefia do grupo, mentiras, misticismo, elementos ligados a poder econômico e amizade hipotética com autoridades policiais para constranger as crianças e adolescentes a praticarem ou permitirem os atos sexuais. Além disso, ele dizia para as vítimas não contarem sobre os abusos que sofriam, pois estariam sendo observadas a todo momento.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!