Busca rápidaX

Ex-líder do Centrão e do Governo Temer, Perondi desiste de aposentadoria e volta em cargo no Governo Federal

8 de agosto de 2020

Ex-deputado e ex-vice-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara, Darcísio Perondi (MDB-RS) conseguiu nesta quarta-feira, 5, reverter a sua aposentadoria e retornar ao quadro de servidores do Ministério da Saúde. Médico com especialização em pediatria, Perondi estava aposentado desde 2015, mas pediu para retornar ao cargo. O processo para sua readmissão foi aberto pela pasta em abril, dois meses após o ex-parlamentar perder a vaga que ocupava na Câmara dos Deputados.

Perondi afirmou ainda não saber qual posto irá ocupar na pasta, mas diz que provavelmente não será ao lado do ministro interino, Eduardo Pazuello. O ex-deputado, de 73 anos, afirma que pode voltar a atender pacientes, já que o cargo que vai ocupar é o de médico.

O ex-deputado esteve com Pazuello, na segunda-feira, 3, dois dias antes de a sua readmissão aos quadros da pasta ser aceita. Segundo ele, no entanto, o retorno ao trabalho não entrou na pauta do encontro. “Acho que ele (Pazuello) nem sabe. O processo é rigoroso, tem de fazer exame, junta médica, perícia”, disse.

Perondi foi deputado federal de 1995 a 2020. No último mandato, era suplente de Osmar Terra (MDB-RS), que retornou à Câmara em fevereiro, após ser demitido da cadeira de ministro da Cidadania.

Desde que deixou o Legislativo, Perondi afirma que esteve recluso e chegou a internar-se pela covid-19. “Não foi grave.”

O ex-deputado disse que só conheceu Pazuello na segunda-feira, 3, na reunião que também foi acompanhada por Osmar Terra (MDB). “Falamos da covid-19. Do SUS. Pazuello está entusiasmado”, disse Perondi.

Procurado, Terra afirmou que a reunião não tratou sobre o retorno de Perondi ao quadro do ministério. “Não foi essa pauta. Esse assunto eu desconheço e ele deve estar tratando por contra própria. Ele foi na reunião para dar sugestões sobre vacinas para o ministério. Ele foi por muito tempo presidente da Frente Parlamentar da Saúde”, disse Terra, por meio de sua assessoria.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí com informações da CNN.
error: Conteúdo protegido!