Busca rápidaX

Ex-prefeito de Jóia é condenado por improbidade administrativa

13 de novembro de 2019
Jóia

O ex-prefeito de Jóia, José Roberto Zucolotto (PSC), foi condenado pelo Poder Judiciário em primeira instância, por improbidade administrativa. Segundo o MP ele teria nomeado 195 servidores de maneira irregular, sem aplicação de concurso público. Na sentença, Zucolotto perde os direitos políticos por cinco anos e ainda deve pagar multa de 12 vezes o valor do último vencimento recebido pelo Ex – Prefeito. 

Em contato com a reportagem da RPI, o ex prefeito falou que vai contratar um advogado e recorrer da decisão. No entanto, o político, em tom de desabafo, disse que há uma perseguição do Ministério Público aos prefeitos de Jóia. Outros políticos, que ocuparam o mesmo cargo, de gestões anteriores já foram apontados por motivos parecidos e, segundo ele, isso sempre vai acontecer.

O ex-chefe do executivo joiense afirmou que fez a contratação emergencial de profissionais, visto que em dois concursos públicos feitos durante a sua gestão, nem sempre todas as vagas foram preenchidas. Segundo ele, a ação de contratar emergencialmente profissionais foi para evitar que postos de saúde ficassem sem médicos e escolas sem monitores. Relatou ainda que fez pelo bem da comunidade e não com intuito de descumprir as leis. Além disso, ressaltou o fato de não ter nenhum processo por corrupção, por ser um homem honesto.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!