Busca rápidaX

MANCHETES

Ex-presidente em exercício do HCI faz prestação de contas da gestão

2 de outubro de 2020
Foto: Assessoria HCI

Nesta semana, teve a posse do novo presidente eleito do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), engenheiro civil Paulo Roberto Stumm, que assume um dos principais hospitais filantrópicos do Rio Grande do Sul. Uma das primeiras atividades da nova liderança foi receber um dossiê das ações realizadas pelo presidente em exercício Cícero Tremea dos Santos, que assumiu o cargo em janeiro deste ano. O ex-presidente fez questão de apresentar os números da instituição, com apoio da equipe de gestão do hospital, formada por diretorias e gerências, onde foi mostrado uma série de ações, que vão desde ajustes em processos, melhorias de estruturas, aquisição de tecnologias e renegociações de contratos com fornecedores e prestadores de serviços.

O dossiê apresentado destaca os ajustes no processo de faturamento que resultou na redução em 50% do tempo gasto para faturar as contas, renegociações de contratos com médicos e prestadores de serviços, contratos de manutenção, renegociação de dívidas com fornecedores, renegociação do financiamento com a Caixa Federal que segue em andamento. Em relação à renegociação de contratos médicos, fica registrado a parceria com o grupo de anestesistas, onde foram ajustados valores e ainda incluído o retorno dos atendimentos da equipe através do IPE Saúde, que beneficia os usuários desse importante convênio.

“Com essa nova sistemática o paciente não terá que fazer o pagamento para a realização da anestesia, conforme sua categoria de internação. Também foi encaminhada a renegociação com o convênio Unimed para atendimento do antigo plano HCI Saúde, que passará a ser prestado à Unimed como prestação de serviços visto que a modalidade anterior era por recebimento per capita. Também foi assinado o contrato histórico com a Unijuí para estabelecer a parceria do Curso de Medicina”, destaca Cícero Tremea dos Santos.

Outro ponto importante, foram as ações desenvolvidas de redução de custos operacionais e otimização dos resultados por setores com envolvimento direto das lideranças, onde foi possível revisar valores da folha de pagamento e honorários médicos, trabalho que deve ter continuidade. Quanto a gestão, teve início o trabalho de elaboração do Planejamento Estratégico para gestão 2021 à 2025 com a participação do Comitê Gestor, das lideranças e do corpo clínico do hospital, com orientação direta do consultor Valderi Zirr da Consultoria Vida.

Neste ano, o resultado da captação de recursos financeiros, através de emendas parlamentares foi de R$11,9 milhões entre emendas de bancada e custeio, com a intermediação direta do então presidente Cícero Tremea do Santos, que esteve em Brasília, em março passado. “Pensando no futuro, buscamos expandir o Cartão Vida, investimos em obras para melhorias de serviços como o Cacon e Incor e sem esquecer dos atendimentos exclusivos para convênios e particulares em área nobre, onde o cliente sairá do consultório com os exames agendados na Instituição como forma de aumento de receita”, avalia Cícero.

Por conta da pandemia do Covid-19 o hospital teve que tomar uma série de medidas contingenciais. Desde o mês de março ocorreram dificuldades para a aquisição de EPIs e de insumos como anestésicos e antibióticos que ainda tiveram reajustes severos por parte da indústria. No pico da pandemia se fez necessário montarmos uma UTI específica para pacientes Covid-19 que foi possível através da ajuda da Associação Comercial e Industrial, do Sindilojas, Câmara de Vereadores e da Prefeitura Municipal que doou 600.000,00 para a aquisição de equipamentos. Os respiradores foram enviados pela Secretaria Estadual de Saúde. Os recursos enviados pelo Governo Federal para o enfrentamento da pandemia, na ordem 3,5 milhões de reais, estão sendo usados para a aquisição de materiais e medicamentos, custeio das equipes de trabalho, bem como para melhorias e aquisições de equipamentos.

“A transparência foi um pedido especial que fizemos aos gestores, principalmente na prestação de contas e tenho a certeza da continuidade desse cuidado com os escassos recursos destinados a saúde. Agradeço o apoio que tive dos gestores, funcionários, médicos , fornecedores, terceirizados e principalmente da comunidade que sabe da importância e valoriza nosso hospital. Desejo muito êxito a nova diretoria que se dedica em ajudar nossa instituição de maneira voluntária e altruísta”, finaliza Cícero.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: HCI
error: Conteúdo protegido!