Busca rápidaX

MANCHETES

Executivo de Giruá sanciona lei sobre prazo para exames a fim de diagnosticar câncer

21 de dezembro de 2017

O prefeito, Ruben Weimer, sancionou a lei que dispõe sobre o prazo para a realização de exames complementares para a confirmação de casos suspeitos de neoplasia maligna (câncer), por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), em Giruá. A assinatura do documento foi acompanhada pelo vice-prefeito, Antonio Carlos Dalla Costa, e pela Secretária de Administração, Saveni Pazini.

A lei estipula o prazo máximo de 30 dias para a realização de exames via SUS, para a comprovação – ou não – da doença.  A contagem do prazo ocorrerá a partir da data do protocolo no setor corresponde da secretaria de Saúde, com o encaminhamento médico do SUS e as solicitações dos exames complementares que comprovem a hipótese diagnóstica de câncer.

A legislação teve origem através de uma indicação do vereador Milton Rosa, em que o prefeito Weimer foi solidário com a atitude e, junto com o secretário de Saúde, Fernando Cavalheiro, se deslocou até o município de São Luiz Gonzaga, que já havia instituído este mesmo objeto através de lei. Assim, foi providenciado a elaboração do projeto de lei, a Câmara de Vereadores aprovou e a legislação foi sancionada.

O chefe do Executivo municipal destaca a importância da lei para proporcionar rapidez na identificação dos casos, encurtando o período para diagnósticos e tão logo iniciar os tratamentos caso venham a ser necessários. Sabe-se que tratando de doenças em estágios iniciais, a probabilidade de o paciente se recuperar é imediata e assim o sistema passa a salvar vidas.

         

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!