Busca rápidaX

Executivo de Ijuí decreta situação de emergência em razão da estiagem

7 de abril de 2020

O registro que estabelece o decreto de emergência de estiagem do município de Ijuí já está no sistema da Defesa Civil do Rio Grande do Sul. O período começou a contar ontem. Pelos próximos 15 dias a prefeitura vai repassar dados sobre as perdas, visto a falta de chuva. A partir daí o município vai aguardar a homologação ou não do decreto de emergência.

Levantamento indica que as perdas na agricultura em Ijuí, em razão da seca, estão em cerca de 160 milhões de reais. Os maiores prejuízos estão na soja, milho e área leiteira. O servidor do escritório local da Emater, Edewin Bernich, explica que a quebra na soja e milho não vai aumentar, pois as culturas estão em final de ciclo.

O que pode ter acréscimo é a perda na área leiteira, visto problemas nas pastagens. Edewin Bernich observou que a chuva registrada ontem, entre 30 e 40 milímetros, ajuda na germinação ou desenvolvimento das pastagens plantadas recentemente.

O servidor da Emater ainda destacou que para haver a recuperação total dos níveis de água, é preciso cerca de 300 milímetros de chuva. Em relação à soja, a colheita em Ijuí está em cerca de 90%, com rendimento médio de 33 sacas por hectare.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!