Busca rápidaX

Prefeitura de Ijuí encaminhará compra de aparelhos respiradores e contratação de servidores para a saúde

22 de março de 2020

O Poder Executivo de Ijuí vai encaminhar a compra de aparelhos respiradores e contratação emergencial de servidores para a área da saúde, visto o movimento de combate do coronavírus. Esse foi um dos temas debatidos em reunião realizada ontem na prefeitura.

O encontro contou com presença do prefeito, Valdir Heck; secretário municipal de Governo, Telmo Alves; assessoria jurídica do Executivo, além da equipe de fiscalização criada para acompanhar o cumprimento do decreto da prefeitura ijuiense que restringe vários serviços, a fim de evitar aglomeração de pessoas.

Segundo Valdir Heck, no tocante a respiradores, mesmo que essa aquisição seja de competência de hospitais, o município vai adquirir aparelhos para ficar como reserva técnica, caso houver problemas em relação ao coronavírus, mesmo que em Ijuí não haja nenhum caso confirmado.

Já a contratação emergencial de funcionários para a secretaria da Saúde de Ijuí é necessária, em razão de que muitos servidores estão em quarentena, ou seja, em casa, pois fazem parte de grupos de risco. Por isso, amanhã, a administração municipal ijuiense deve encaminhar projeto à Câmara de Vereadores, a fim de solicitar autorização para contratação temporária de enfermeiros e técnicos em enfermagem.

Sobre a avaliação do cumprimento das normas estabelecidas no decreto da prefeitura de Ijuí, o prefeito Valdir Heck enfatizou que a comunidade está obedecendo, quase na totalidade, o novo decreto publicado na última sexta-feira à noite.

Existem três grupos de fiscais da prefeitura que se dividem para averiguação de diferentes locais. Alguns estabelecimentos podem funcionar até determinado horário, principalmente os serviços essenciais. Desde sexta-feira, praticamente não houve registro de irregularidades quando ao descumprimento das normas em Ijuí.

Em Ijuí, estão liberados apenas os serviços essenciais para funcionar, por exemplo, nos segmentos de água, esgoto, energia elétrica, postos de combustíveis, hospitais, farmácias, supermercados, agências bancárias. Também podem funcionar as agropecuárias e clínicas veterinárias, porém com regime de plantão.

Restaurantes, lanchonetes e padarias podem atuar, mas exclusivamente em regime de teleentrega, sem atendimento presencial ao público. Industrias e empresas de grãos ou cerealistas, da mesma forma, podem trabalhar, visto a colheita da soja, no entanto, com regras para evitar aglomeração de pessoas, dentre outras questões.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!