Busca rápidaX

MANCHETES

Executivo de Ijuí reforça recurso da associação de municípios para reverter bandeira vermelha da Covid-19

19 de julho de 2020

A prefeitura de Ijuí e a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) encaminharam recurso para o governo estadual a fim de tentar reverter a indicação de bandeira vermelha no sistema de distanciamento controlado sobre a Covid-19 para a região 13.

A indicação aconteceu na última sexta-feira e hoje é o último dia para encaminhar recurso. Amanhã o Estado vai avaliar os argumentos e divulgar as bandeiras para vigência da próxima terça-feira, 21, até dia 27 deste mês. Até amanhã, a região 13, que compreende os 11 municípios da Amuplam e mais nove municípios da região Celeiro, permanecem na bandeira laranja. Se a região for para a cor vermelha, haverá, por exemplo, fechamento do comércio.

O documento enviado pela Amuplam e assinada pelo presidente da entidade e prefeito de Pejuçara, Eduardo Buzzatti, argumenta que há pacientes internados em hospitais da região 13 que pertencem a outras regiões do Rio Grande do Sul.

Por isso, segundo a Amuplam, esses números não podem ser utilizados para cálculo da bandeira da região 13. Nesse âmbito entram especialmente as internações no Hospital de Caridade de Ijuí. O recurso ainda alega que até ontem havia apenas um paciente internado em UTI para tratamento por Covid-19 na região 13. Além disso, a taxa de ocupação de respiradores estava em 23%.

A Amuplam também frisou que os leitos clínicos em hospitais estão com baixo índice de ocupação, o que evidencia reduzida probabilidade de utilização de leitos em UTI. Também não existe falta de leitos Covid-19 fora de UTI Adulto e a ocupação na região de Ijuí está com taxa ao redor de 5%, de um total de 279 leitos.

Por outro lado, para tentar reverter a indicação da bandeira vermelha, o documento da Amuplam ressalta que a Região 13 apresenta o quarto menor número de hospitalização confirmada para Covid-19 nos últimos 7 dias por 100 mil habitantes.

Além disso, deve ser observado que a Região 13 apresenta o menor índice de projeção de óbitos para esta semana em relação a outras regiões. Outra situação argumentada é que a média de pontuação do governo do Estado que colocou a região de Ijuí na bandeira vermelha para Covid-19, ficou próxima da classificação para bandeira laranja, por isso, também, se requer a manutenção da cor laranja que segue pelo menos até amanhã.

Ijuí

As considerações feitas pela Amuplam para tentar reverter a bandeira vermelha para Covid-19 na região 13, são as mesmas do Executivo de Ijuí. Porém, o prefeito de Ijuí, Valdir Heck, ressalta que um documento próprio do município reforçou algumas considerações ao governo estadual, por exemplo, todo o aparato e ações contra o novo coronavírus que se mantém desde março, quando começou a pandemia.

Além disso, Valdir Heck frisa que as evidências maiores da Covid-19 ocorreram nas semanas anteriores, inclusive quando no município de Ijuí houve turno único até mesmo no comércio, além de redução de horários em postos de combustíveis. Segundo o prefeito de Ijuí, nesses últimos dias houve diminuição do aumento de casos diários da doença. Heck ainda comentou as barreiras sanitárias que acontecem na Colmeia do Trabalho, bem como demais inciativas para conter ou combater o avanço do vírus.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!