Busca rápidaX

MANCHETES

Expo-Ijuí/Fenadi espera superar 150 mil visitantes e comercialização do evento de 2018

10 de outubro de 2019

Expositores e organização fazem os últimos ajustes para a Expo-Ijuí/Fenadi que vai ser realizada de amanhã até o próximo dia 20, no parque Wanderley Burmann. Segundo o vice-presidente da Expo-Ijuí e coordenador da Feira da Agropecuária, André Bigolin (foto), hoje ocorre finalização de pinturas, limpeza, dentre outras ações.

Já os expositores intensificam a implantação das estruturas. Durante entrevista nesta manhã na RPI, André Bigolin enfatizou que o maior impacto para a Expo/Fenadi deste ano vai estar no espaço do agronegócio. No local, ocorreu alargamento e melhoria de ruas, implantação de nova iluminação, além de mais espaço para as empresas.

Isso porque, existia demanda de maior área, em razão do grande tamanho de maquinários e implementos agrícolas, que neste ano retornam em maior percentual para a Expo-Ijuí/Fenadi. Bigolin ainda destacou que entre quatro e cinco empresas ficaram na lista de espera para expor no segmento do agronegócio, pois faltou espaço.

Frisou que isso indica a necessidade de ampliar a área do parque Wanderley Burmann para 2020, até para que empresas agrícolas possam construir casas próprias no parque. Outra demanda que existe, desde os últimos anos, é novo local para a agricultura familiar, que atualmente funciona em prédio ao lado da casa Alemã, na Expo/Fenadi.

Neste ano, por exemplo, o espaço vai abrigar 29 agroindústrias, porém, houve 56 inscrições. Uma das perspectivas para resolver esta situação se refere ao projeto de construir o denominado “Pavilhão do Futuro”.

A ideia faz parte de um documento que vai ser entregue para o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que visitará Ijuí no próximo dia 19. Nesse pavilhão, a sugestão é que na parte térrea funcione a agricultura familiar, dentre outros segmentos.

Já o segundo piso seria usado durante eventos no parque ijuiense, destinado aos alunos do ensino fundamental, médio e superior, Secretaria de Educação e Criatec da Unijui. Com isso, a ideia também é de fomentar a criatividade dos estudantes, já que o espaço vai possibilitar o desenvolvimento de produtos e criação de indústrias sustentáveis.

As direções da Expo/Fenadi pretendem que os eventos, deste ano, ao menos, superem os 150 mil visitantes do ano passado, além dos 150 milhões de reais em comercialização, também da programação de 2018.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!