Busca rápidaX

MANCHETES

Falta de sinalização e risco para pedestres: comunidade reivindica segurança na ERS-155

28 de setembro de 2021

A comunidade ijuiense pede mais segurança tanto para pedestres quanto para motoristas que trafegam pela ERS-155, no trecho em frente a Estação Rodoviária de Ijuí. A reivindicação passa a ser maior tendo em vista que na noite de ontem uma mulher morreu após uma colisão entre uma caminhonete e um veículo de passeio.

Quem passa em frente ao Terminal Rodoviário de Ijuí vê a necessidade da construção de uma passarela que viabilize a travessia de pedestres com segurança. Quem mora nos bairros Modelo, Jardim ou Lambari e precisa realizar essa travessia, no entanto, sente pessoalmente esse risco e reivindica a construção.

Diariamente diversas pessoas atravessam de um bairro para outro, passando sobre a ERS-155, porém, o que mais preocupa é a travessia de crianças e adolescentes, especialmente para ir à escola. Em recente entrevista à Rádio Progresso, o morador do bairro Modelo, Eduíno do Nascimento explicou que vários acidentes já aconteceram no local. “Nos preocupamos mais por causa das crianças. Com a passarela, muitos problemas seriam resolvidos”.

O caminhoneiro Renato Josias, ouvido pela reportagem, disse que, claramente o local merece uma sinalização adequada. “Há a necessidade de mais placas. Também deveria ter um trevo para que os veículos contornassem esse trecho com mais segurança”. 

Em maio, o vereador Beto Noronha, do PT, enviou m ofício ao Daer, cobrando explicações sobre a situação da ERS-155. Conforme o parlamentar, o trecho da rodovia faz a divisa entre os bairros Jardim e Modelo, dois dos locais mais populosos de Ijuí. Com isso, é grande a circulação de pedestres nos acostamentos, principalmente de crianças que estudam na Escola 15 de Novembro, localizada às margens da rodovia. Outro problema de infraestrutura apontado é o acesso à Estação Rodoviária, onde a falta de sinalização adequada causa grandes transtornos aos motoristas.

No ofício, Beto Noronha solicita que seja feita intervenção imediata no trecho urbano da ERS-155 em Ijuí, e também pede que o Daer agilize um estudo técnico para a instalação de uma passarela no local, de modo a facilitar a circulação de pedestres às margens da rodovia.

“Até o momento o Daer não apresentou nenhuma proposta ou projeto. Inclusive já solicitei audiência com o Secretário Estadual dos Transportes e com o diretor do Daer”, disse o vereador.

MULHER MORRE APÓS COLISÃO

Uma mulher morreu em um acidente de trânsito entre dois veículos registado na ERS-155,  em frente à rodoviária de Ijuí, por volta das 18h45 de ontem.
Ela precisou de massagem cardíaca, atendida em um primeiro momento pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU, e encaminhada em estado grave ao HCI onde não resistiu e veio a óbito.
A vítima foi identificada como Maria Antônia Denti, de 65 anos.
Segundo informações, a vitima era caroneira de um veículo Voyage, que se chocou-se com uma caminhonete F1000. Ela estava no banco de trás do automóvel.
A mulher, moradora de Parobé, estava na casa de parentes, em Ijuí, que levavam ela até a rodoviária para que pudesse pegar o ônibus para seu município, às 23h.
Uma outra pessoa ficou ferida no acidente. As vítimas foram socorridas até o Hospital de Caridade de Ijuí.

Alciones Tafarel, de 48 anos, que conduzia a Ford F-1000, relatou à polícia que ele seguia na preferencial pela ERS-155 e o carro teria acessado a rodovia pela Rua Francisco Sperotto indo em direção à rodoviária, não tendo tempo de desviar, havendo o choque.

O corpo de Maria foi necropsiado e encaminhado para a sua cidade. Nas redes sociais, amigos e familiares da vítima lamentaram o ocorrido e disseram que a mulher visitava os irmãos em Ijuí.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso
error: Conteúdo protegido!