Busca rápidaX

“Falta de vergonha” avalia Deputado Jeferson Fernandes sobre atual relação do Estado com IPÊ Saúde

4 de novembro de 2019

Depois da reunião regional realizada na última sexta-feira (01) em Ijuí para debater sobre a estrutura de atendimento e prestação de serviço do IPE Saúde no Estado, o quadro é de preocupação. Em entrevista à Rádio Progresso nesta manhã, o Presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do RS, Deputado Estadual Jeferson Fernandes (PT) confirmou que o Instituto não está repondo os servidores que solicitaram aposentaria. Em Ijuí, o atual funcionário que presta atendimento deve se aposentar ainda neste ano, o que preocupa os usuários do município e região. A exemplo do que já aconteceu em diversos locais do Rio Grande do Sul, em cidades vizinhas como Cruz Alta e Três Passos os escritórios municipais já fecharam, pelo mesmo motivo.

Segundo relatório dos especialistas presentes no evento da última semana, os hospitais também vem enfrentando sérias dificuldades, na medida em que o Governo recolhe o recurso dos servidores, mas não repassa o valor da parcela. Representantes do Bom Pastor e HCI também estiveram presentes no debate, e revelaram que a dívida já ultrapassa milhões.

No total, o Estado possui mais de 1 milhão e 100 usuários do Plano de Saúde, o que representa cerca de 10% da população de 320 municípios gaúchos. Segundo Jeferson Fernandes o quadro é preocupante e o governo do estado do Rio Grande do Sul não está cumprindo com questões legais e éticas do Instituto. Ele cita que o Ministério Público Estadual moveu recentemente uma ação que tramita na Vara da Fazenda Pública em Porto Alegre, porque o Governador estaria vendendo os imóveis do IPE e levando o dinheiro ao caixa único do Estado para cobrir custeios, o que é totalmente ilegal.

Além disso, há um pedido por parte da direção do IPE Saúde para que o município indique um funcionário em cargo de comissão para continuar prestando o atendimento após a aposentaria do atual servidor, atribuindo ao município uma responsabilidade que é inteiramente do Estado.

Segundo Fernandes, a Audiência Pública de sexta-feira contou também com a presença do Deputado Federal Pepe Vargas (PT). Ele é relator de uma subcomissão que tem o prazo de 120 dias para elaborar um diagnóstico da atuação do IPE no Rio Grande do Sul.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!