Busca rápidaX

MANCHETES

Família descobre que menina era abusada em Venâncio Aires após diagnóstico de HPV

13 de setembro de 2017
A família de uma menina de 8 anos de idade descobriu que a criança sofria abusos havia cerca de seis meses após um exame médico identificar que ela tinha HPV. O caso aconteceu na cidade de Venâncio Aires. O suspeito do crime foi preso na terça-feira (12).

Conforme a polícia, a criança se queixava de dores e coceiras, e foi levada pela mãe até o posto de saúde da cidade. Quando chegou lá, os médicos constataram que a menina estava sendo estuprada, e que teria contraído a doença venérea. A polícia foi, então, acionada.

O delegado de Venâncio, Aires Felipe Cano, colheu o depoimento da menina, com a ajuda de psicólogos, e constatou os abusos. O suspeito é um amigo dos pais, que costumava frequentar a casa da família. De acordo com as informações coletadas pela investigação, a criança relatou que o homem ameaçava matar o pai e a mãe.

O suspeito foi preso preventivamente com base na consistência do relato da criança, e nas contradições que ele apresentou em seu depoimento. Ainda de acordo com o delegado, o suspeito não tinha endereço fixo, nem trabalho. Ele já tinha passagens anteriores pela polícia por crimes leves.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!