Busca rápidaX

Fechamento de fronteiras pode prejudicar a agricultura, alerta deputado

28 de março de 2020

A decisão tomada pelo governo federal de fechamento das fronteiras terrestres com os países vizinhos teve como efeito colateral dificultar a entrada e saída de produtos agrícolas.

Integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária, o deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES) acredita que simplesmente fechar as fronteiras não vai reduzir a pandemia do coronavírus e ainda vai trazer prejuízos para a agricultura brasileira.

“Precisamos encontrar uma alternativa que seja com corredores sanitários para fazer esse nosso enfrentamento e, naturalmente, não provocar também o desabastecimento. É preciso entrar, por exemplo, matéria-prima como fertilizantes para que o País continue a produzir, porque a agricultura não está parada e não vai parar”, disse o deputado.

Para tentar reverter essa situação, os ministros da Agricultura do Brasil, do Chile, da Argentina, do Paraguai, do Uruguai, do Peru e da Bolívia se reuniram em videoconferência, na última segunda-feira (23), para definir ações sanitárias que garantam a importação e a exportação de produtos agropecuários entre esses países.

Os ministros confirmaram que o transporte dessas mercadorias será realizado através de corredores sanitários, garantindo assim a segurança de quem transporta e de quem recebe a carga.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Agência Câmara Notícias

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!