Busca rápidaX

Feminicídios aumentam durante a pandemia no RS, mas realidade não se aplica em Ijuí

6 de outubro de 2020

Um monitoramento nacional feito pelo Portal Catarinas, em parceria com outras mídias independentes, revela que o Rio Grande do Sul é o 4º Estado do Brasil com mais feminicídios entre janeiro e abril de 2020. Os dados apresentados pela Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP/RS) confirmam: entre os meses de março e abril deste ano, o Estado teve um aumento de 23,5% da mortalidade de mulheres em comparação ao mesmo período no ano de 2019.

 

Em Ijuí, segundo a titular da Coordenadoria da Mulher, Noemi Huth, existe uma crescente no número de mulheres que entram em contato com a pasta na busca por acolhimento, ajuda e proteção, porém, não se pode afirmar que houve um aumento tão significativo no número de feminicidio. “Claro que tivemos algumas surpresas negativas neste ano, mas principalmente em regiões próximas a Ijuí, porém, não podemos aplicar esses dados do estado aqui na região” afirma Noemi.

 

Segundo ela, muitos casos nem passam pela coordenadoria, o que torna mais difícil de monitorar a situação. “As mulheres precisam perder o medo de nos procurar, buscar ajuda é fundamental para que possamos ajudar”.

Ainda de acordo com a titular da Coordenadoria da Mulher de Ijuí, existem períodos do ano em que os casos aumentam mais, como por exemplo a partir de agora, com as proximidades do verão. “Precisamos lembrar que a lei Maria da Penha está aí, para ser utilizada. Foi criada justamente para proteger mulheres vítimas de violência” concluí Noemi.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!