Busca rápidaX

MANCHETES

Ferrugem asiática começa afetar lavouras de soja na região de Ijuí de forma antecipada

28 de novembro de 2018

A atual safra de soja nem bem começou o desenvolvimento e já existe presença de ferrugem asiática em várias lavouras da região. Isso ocorre, especialmente, devido à alta incidência de umidade, visto as constantes chuvas, além do calor. 

O Consórcio Antiferrugem, que monitora a doença em todo o Brasil, registra focos de ferrugem na soja em lavouras de Cruz Alta, Ibirubá, Não Me Toque, Passo Fundo, Sarandi, Ronda Alta, Santa Rosa, Santiago, Nonoai, Derrubadas, além de maior número de ocorrências em Tenente Portela.

Em Ijuí, mesmo que não conste no levantamento do Consórcio Antiferrugem, já há presença de ferrugem asiática. O servidor da Emater, Edewin Bernich, disse que foi possível identificar vários focos da doença em soja voluntária, ou seja, existente na beira de estradas onde caem sementes durante a planta ou áreas utilizadas para testes. Diante disso, ele alerta que a ferrugem deve estar espalhada por lavouras.

Bernich comenta que em razão da antecipação da ferrugem asiática, nesta safra de soja os agricultores deverão iniciar mais cedo o controle através de tratamentos químicos. Em anos anteriores isso era feito, geralmente, em janeiro. Agora deve acontecer já em dezembro.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí. Foto: Wikipedia
error: Conteúdo protegido!