Busca rápidaX

MANCHETES

Fessergs acredita que governo gaúcho terá problemas em projetos de venda de estatais

8 de fevereiro de 2018

O presidente da Federação Sindical dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, Sérgio Arnoud, em entrevista na Progresso, hoje, destacou que o governo gaúcho não tem os 33 votos suficientes para aprovar os projetos que prevêem a venda de estatais sem a necessidade de plebiscito. Sérgio Arnold frisou que a matéria aprovada na madrugada de hoje permite apenas que a gestão de José Ivo Sartori tente o acordo de recuperação fiscal com a União.

Uma das condições para esse acordo é a venda de empresas pertencentes ao Executivo gaúcho, como a Sulgás, CRM e CEEE. Segundo ele, essa renegociação representa a perda de autonomia dos próximos governos gaúchos, pois em troca do não pagamento da divida com a União por três anos, o Executivo poderá investir em setores como saúde, educação e segurança pública mais do que gasta atualmente.

 
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!