Busca rápidaX

Fetag fará mobilização em Ijuí e região na sexta-feira e espera reformulação sobre aposentadoria de mulheres

4 de março de 2019

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul espera que até sexta-feira desta semana, dia 8 de março, quando vai ser comemorado o Dia Internacional da Mulher, o governo federal reformule parte do projeto de reforma da Previdência Social.

A secretária geral da Fetag, Elizete Hintz, que representa o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ijuí, ressalta que o esforço é para manter a idade de 55 anos para aposentadoria de agricultoras. O governo Bolsonaro propôs aumentar a idade mínima para 60 anos, no entanto, semana passada sugeriu que poderá manter os 55 anos.

Inclusive, sexta-feira a Fetag vai realizar mobilização em todo Rio Grande do Sul a fim de alertar, especialmente, quanto a prejuízos com a reforma da previdência. Elizete Hintz explica que o protesto ainda vai reivindicar que não haja perdas aos moradores urbanos com a reforma da previdência, por exemplo, que as moradoras das cidades sigam com aposentadoria aos 60 anos e não aos 62 como quer o governo.

Em Ijuí, haverá manifestação, a partir das 14 horas e 30 minutos de sexta-feira, na BR 285, imediações do trevo do hospital Bom Pastor, com entrega de panfletos para motoristas. Na região, sexta-feira pela manhã, movimento semelhante vai acontecer na BR 392, em Cerro Largo, também na BR 285, em São Luiz Gonzaga e Santa Bárbara do Sul.

Compartilhar
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    4
    Shares
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!