Busca rápidaX

MANCHETES

FETAG tenta prorrogar entrada de novas normativas para cadeia leiteira

19 de maio de 2019

 Entidades ligadas a agricultura tentam prorrogar a entrada em vigência das normativas 76 e 77 do governo federal no tocante a produção de leite, previstas para 30 de junho. Ao falar no Progresso Rural de hoje(19) na RPI, o secretário Geral da Fetag, Pedrinho Signori, disse existir tentativa de postergação do início destas normas para o agricultor ter mais tempo de adaptação.

 Um dos itens das resoluções trata da temperatura do leite a ser repassado ao transportador. Atualmente está em seis graus e com as novas normativas deve ser no máximo de quatro graus.  Signoni salienta haver problemas estruturais de energia em várias partes do estado, que pode ser um complicador para essa mudança.

 Outro item fala da contagem bacteriana. O produtor que passar acima de 300 na média de três retiradas de leite por determinados períodos ficará fora da produção leiteira. As normativas 76 e 77 do governo federal também incluem plano de qualificação para as empresas. Neste quesito, Pedrinho Signori, da Fetag, frisa que esse item é bom para o produtor, pois as empresas deverão prestar assessoria aos agricultores para melhorar a qualidade do leite.

 No entanto afirma não ser uma tarefa fácil. Isso porque haveria necessidade de grande número de técnicos para essa assistência. A empresa que conseguir se enquadrar no plano de qualificação terá incentivos fiscais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!