Busca rápidaX

MANCHETES

Final de semana com 27 assassinatos é o mais violento em quase 10 meses no RS

15 de janeiro de 2018

O Rio Grande do Sul teve pelo menos 27 pessoas assassinadas entre o meio-dia de sexta-feira (12) até o mesmo horário desta segunda. O número de mortos só é menor que outros quatro finais de semana entre janeiro e fevereiro do ano passado. Duas chacinas impulsionaram o número a ser o maior em quase dez meses. 

Em Porto Alegre, no bairro Sarandi, na Zona Norte, quatro pessoas foram assassinadas em sequência por homens em um carro branco, na manhã de sábado. A informação inicial da Polícia Civil é que o crime está ligado a uma facção do tráfico de drogas com atuação na região. No domingo, em São Gabriel, na Fronteira Oeste, três pessoas foram mortas em frente a uma casa por homens em uma motocicleta. 

Chama a atenção que a maior parte dos homicídios ocorreu no Interior, onde 15 pessoas foram mortas. Um dos crimes aconteceu na manhã desta segunda. Dois detentos do semiaberto foram baleados ao saírem da cadeia na RS-150, em Frederico Westphalen, no Norte. Um deles acabou morrendo e o outro está hospitalizado. O carro usado pelos bandidos foi incendiado na rodovia. 

Em Porto Alegre, além da chacina com quatro vítimas, houve também um tiroteio que deixou uma pessoa morta na Avenida Sertório, na madrugada de sábado. As circunstâncias do crime estão sendo apuradas pela polícia. Conforme testemunhas, um criminoso efetuou os disparos e fugiu em um veículo. A vítima foi atingida no peito. Ainda não há informações de suspeitos e das motivações do crime.

Na manhã desta segunda-feira, um homem, ainda não identificado, foi morto a tiros na Zona Norte. De acordo com a Brigada Militar, a vítima estava na Rua Saco do Cabral, no bairro Farrapos, próximo à saída para a BR-448 (Rodovia do Parque). A polícia foi acionada por volta das 10h30min por pessoas que passaram no local e encontraram o corpo. 

Nas cidades Região Metropolitana, cinco pessoas foram executadas e a motivação dos casos ainda não foi descoberta pela Polícia Civil. Em Cachoeirinha, no bairro Vista Alegre, no domingo, um homem foi morto dentro de seu HB20 ao estacionar na frente da casa da ex-mulher para participar do aniversário da filha. No limite entre Alvorada e Viamão, um homem foi morto dentro de um carro incendiado e um casal foi localizado morto em um matagal. O caso ainda é investigado.  Já na madrugada domingo (14),  um homem foi morto na Vila Pedreira. Vítima tinha 21 anos e não teve nome revelado pela Polícia Civil. É o primeiro homicídio do ano na cidade.

No Litoral Norte, Tramandaí foi a única cidade com registro de homicídio no final de semana. Um homem de aproximadamente 30 anos foi morto a tiros no pátio de casa no bairro São Francisco, próximo ao Centro, na madrugada de sábado. O delegado Paulo Perez afirma que o caso é ligado ao tráfico de drogas, mas não descarta que a vítima tenha sido morta por engano. 

Outros finais de semana violentos em 2017
26 vítimas – 03 a 06 de março
27 vítimas – 24 a 27 de fevereiro
37 vítimas – 17 a 20 de fevereiro 
29 vítimas – 03 a 06 de fevereiro
27 vítimas – 27 a 30 de janeiro
31 vítimas – 13 a 16 de janeiro

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!