Busca rápidaX

Flávio Cassina é eleito prefeito de Caxias do Sul em eleição indireta na Câmara de Vereadores

9 de janeiro de 2020
Flávio Cassina foi eleito novo prefeito de Caxias do Sul — Foto: Reprodução/RBS TV

A Câmara dos Vereadores de Caxias do Sul, na serra gaúcha, elegeu na manhã desta quarta-feira (9) Flávio Cassina (PTB) e Édio Elói Frizzo (PSB) como prefeito e vice do município. A eleição indireta foi convocada após impeachment do ex-prefeito, Daniel Guerra (Podemos). A chapa única foi eleita pela maioria, 19 votos a favor e 3 contra.

Na posse, Cassina afirmou que fará uma gestão de coalizão, trabalhando diretamente com os vereadores, além de ter como objetivo imediato resgatar o diálogo com a comunidade.

“Sabemos que não poderemos resolver muita coisa porque o espaço é pouco, mas vamos fazer o que é possível e deixar um caminho para o sucessor”, destacou o novo prefeito. A chapa comanda o executivo de Caxias do Sul até 31 de dezembro de 2020

Relembre o impeachment
 
O impeachment do prefeito Daniel Guerra (Republicanos) foi aprovado no dia 22 de dezembro. Dezoito vereadores, que somam mais de 2/3 dos votos necessários, votaram a favor em três dos quatro itens apresentados na denúncia decidindo, portanto, o afastamento. Ele também perdeu os direitos políticos e fica impedido de concorrer em eleições nos próximos oito anos.

As denúncias analisaram a existência de infrações político-administrativa quando Guerra negou o uso da Praça Dante Alighieri para realização da tradicional Bênção dos Freis Capuchinhos, que já tinha sido feita outras 12 vezes na praça. Além da vez que fechou o Postão 24h sem consultar o Conselho de Saúde, que é um órgão de fiscalização.
 
Os vereadores também entenderam que houve discriminação quando o prefeito negou que a Parada Livre fosse realizada numa rua central da cidade. A comissão dos parlamentares considerou improcedente, por falta de provas, o quarto item da denúncia que tratava de possíveis irregularidades na contratação de uma empresa pra fazer a gestão compartilhada da UPA Central.
Daniel Guerra tentou reverter a cassação na Justiça, mas teve a liminar negada.
 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: G1

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!