Busca rápidaX

MANCHETES

Fórum da Soja confirma safra de 19 milhões de toneladas no Rio Grande do Sul

12 de março de 2019

O Rio Grande do Sul é o único grande estado brasileiro que deve registrar elevação na produção de soja, podendo chegar a 19 milhões de toneladas, com incremento superior a 10% na comparação com a safra anterior. A projeção foi feita hoje pela manhã pelo consultor André Pessôa durante o 30º Fórum Nacional da Soja, realizado no auditório central da 20ª Expodireto Cotrijal.

Falando para um recinto lotado, o especialista destacou que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou mais um boletim de produção, puxando a previsão nacional para baixo, mas colocando o Rio Grande do Sul com 18,6 milhões de toneladas, 9% a mais em relação ao ano agrícola anterior.

Pessôa confirmou que o país terá uma safra menor e enfrenta um cenário desafiador para a comercialização deste ano. “Poucas vezes me decepcionei com tantas incertezas como as que surgiram desde meados do ano passado”, destacou. Na sua avaliação, o Brasil foi beneficiado com a guerra comercial entre Estados Unidos e China em 2018, situação que poderá não se repetir neste ano.

No ano passado, segundo o sócio-diretor da Agroconsult, o Brasil exportou “extraordinárias” 83,6 milhões de toneladas, volume que não se repetirá neste ano. “A guerra entre os dois países poderá terminar, o que representará a queda nas exportações brasileiras. Enquanto os Estados Unidos terão estoques de 22 milhões de toneladas, o Brasil reduzirá significativamente os seus”, ponderou.

Outra vantagem desfrutada pelos produtores gaúchos é relativa ao ritmo de vendas. Segundo Pessôa, o Brasil já negociou cerca de 50% da safra, sendo a liderança do Mato Grosso com 60%, seguido do Paraná com 27%. “O Rio Grande do Sul está com muita soja para ser vendida e isso pode ser uma vantagem”, disse, ressalvando que, em um ambiente de incertezas como o atual, os riscos são também elevados.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Expodireto

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!