Busca rápidaX

Fórum do leite da Expodireto aponta campanhas para valorização da produção

13 de março de 2019

O 15º Fórum Estadual do Leite foi uma das atrações desta quarta-feira, 13 de março, na 20ª Expodireto Cotrijal. O auditório central do parque lotou para ouvir três palestras com enfoques diferentes, mas voltadas para o incentivo ao produtor leiteiro.

“A Expodireto Cotrijal busca agendas positivas para muitas cadeias de produção animal. O Fórum do Leite cumprirá novamente hoje este papel”, prometeu o gerente de Produção Animal da Cotrijal, Renne Granato. Ele tinha razão.

Para o economista Glauco Carvalho, da Embrapa Gado de Leite, alguns dados de produção e produtividade, especialmente na Região Sul do Brasil, estão na contramão dos cenários negativos apontados por notícias envolvendo o setor de lácteos. “O Brasil está bem na fotografia. O pesadelo é o da renda, que não difere muito em outros países”, disse ele.

Analisando a competitividade do produtor brasileiro, Carvalho ressaltou que o Brasil ocupou a quarta ou quinta posição na produção durante anos, mas na última década ultrapassou a Alemanha e a Rússia, subindo para a terceira colocação. Está abaixo dos Estados Unidos e da Índia. A produção brasileira saltou de 7 bilhões de litros para 34 bilhões de litros em 2016, com incremento de 374%. No mundo, a evolução em igual período foi de 71%.

Carvalho destacou também que no período de 2000 a 2017 o Brasil teve um crescimento de 69,4% na produção, só perdendo para a Nova Zelândia, com 75%. Uma notícia boa para o Sul do país, é que a região participou com 35,7% deste crescimento. Os problemas do Brasil, no seu entender, são a baixa capacidade de processamento das fábricas, a fragmentação (grande número de empresas) e a infraestrutura. Neste caso, as estradas e acessos às propriedades sãos ruins.

Além disso, no Brasil o caminhão truco tem uma capacidade média de 14 litros (em alguns casos, 9 litros). Na Nova Zelândia, os caminhões têm capacidade acima de 25 mil litros. “Mesmo assim, vocês estão de parabéns. No Top 100 de produtividade, 79 são municípios da Região Sul, sendo 51 no Rio Grande do Sul”, destacou.

BEBA MAIS LEITE – A veterinária Ana Paula Menegatti, uma das criadoras da revista Leite Integral e idealizadora do movimento #bebamaisleite, exibiu as ações que realiza com outras colegas e apoio de empresas e especialistas em saúde em defesa do leite. “Sempre que identificamos algum fato ou notícia negativa em relação ao produto, procuramos gerar ações positivas, que têm sido bem-sucedidas”, destacou, mostrando, por exemplo, a parceria com personalidades como o médico Drauzio Varella.

Novo perfil de consumidor

O pesquisador Paulo do Carmo Martins, chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, mostrou as revoluções industriais e culturais que vêm acontecendo para mostrar que “o novo consumidor mudou a lógica da produção”. Citou o “oferta empurrada” (pegada de carbono, proteína alternativa, desperdício de comida, resíduo e reciclagem e bem-estar animal). Destacou igualmente a “demanda puxada”, onde a preocupação do consumidor envolve temas como rastreabilidade plena, comércio justo, cuidados com a comunidade e com o fazendeiro.

“Hoje, em vez de cadeias globais, temos as cadeias curtas. A região que vai do Rio Grande do Sul a Cascavel está ditando o padrão na produção de leite, mas pode melhorar”, destacou. Na sua avaliação, surgiu a necessidade da criação de um ecossistema de inovação para a cadeira do leite e derivados, envolvendo agrônomos, veterinários, zootecnistas, engenheiros, físicos, matemáticos, produtores, laticinistas, transportadores, investidores e empresários.

O FÓRUM – O 15º Fórum Estadual do Leite foi promovido pela Cotrijal e pela CCGL, com apoio do Sindilat, da Sementes Adriana e do Senar/RS. Participaram da abertura o presidente e o vice-presidente da Cotrijal, Nei Manica e Enio Schroeder; o secretário de Agricultura do Estado, Covatti Filho; o presidente da CCGL, Caio Vianna; e o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius; dentre outras autoridades.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Expodireto

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido !!!