Busca rápidaX

Gaúchos têm até quinta para indicar áreas prioritárias de investimento

16 de julho de 2019

Termina na quinta-feira (18/7) o prazo da consulta pública lançada pelo governo do Estado para ouvir da população gaúcha sobre as áreas que considera as mais importantes para os próximos quatro anos em termos de investimentos. É a etapa final de elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023, no qual a sociedade poderá elencar as prioridades entre 12 grandes programas estratégicos, que envolvem temas como o desenvolvimento econômico, obras de infraestrutura, políticas sociais e os desafios para superar a crise fiscal.

O texto final do PPA 2020-2023 será encaminhado para a Assembleia pelo governador Eduardo Leite dia 1º de agosto. O Novas Façanhas no PPA é uma plataforma digital no qual a população poderá expressar as ações que devem ter maior atenção na execução dos 12 programas estratégicos, que já foram validados ao longo do processo de elaboração do Plano Plurianual.

“Queremos construir um PPA que efetivamente tenha foco no cidadão. Diante de um cenário desafiador por conta da crise fiscal que o Estado enfrenta, precisamos melhorar os serviços prestados e estabelecer as condições para a retomada dos investimentos. Por isso, a importância do cidadão se manifestar”, disse a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos.

A pesquisa via internet é divida em duas etapas. Após questões simples de identificação pessoal e da cidade onde mora, o cidadão irá estabelecer um ranking das prioridades do governo para os próximos quatro anos e, no fechamento, apontar dois programas que ele considera os mais apropriados para atingir a meta.

O PPA 2020-2023 foi lançado pelo governador no fim de abril. Desde então, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão coordenou uma série de atividades, incluindo um fórum que reuniu as prioridades regionais indicadas pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), assim como dos demais poderes e órgãos de Estado.

No fim do mês passado, em encontro dos secretários, foram definidas as prioridades estratégicas divididas em quatro eixos: desenvolvimento empreendedor, sociedade com qualidade de vida, governança e gestão e, por fim, estado sustentável.

 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: rs.gov.br

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!