Busca rápidaX

MANCHETES

Governador analisará pedido de prefeitos das Missões para manter bandeira laranja sobre Covid-19

15 de junho de 2020
Prefeito de Santo Ângelo, Jaques Barbosa, em videoconferência com o governador, Eduardo Leite

Os prefeitos da Associação dos Municípios das Missões unem esforços na tentativa de reverter a decisão do governo gaúcho que, no último sábado, 13, determinou bandeira vermelha para a região das Missões no distanciamento controlado, que visa combater o novo coronavírus.

Hoje pela manhã houve viodeoconferência com as secretárias estaduais de Saúde, Arita Bergmann, e do Planejamento, Leany Lemos, que coordena o programa de distanciamento. Já nesta tarde a reunião virtual aconteceu com o governador, Eduardo Leite.

Os prefeitos se queixam, especialmente, que o número de casos de Covid-19 contabilizados pelo Estado na região missioneira é maior que o total apresentado pelos municípios. E esse foi um dos pontos que levou a região das Missões a passar da bandeira laranja para vermelha, o que pode resultar em várias restrições aos serviços e à economia, a fim de reduzir a circulação das pessoas.

O governador afirmou aos representantes da região missioneira que vai analisar com os membros do Gabinete de Crise a reivindicação para manutenção da bandeira laranja. Já a secretária estadual da Saúde teria reconhecido que técnicos se equivocaram no cômputo das internações que provocaram alterações de bandeira.

Óbito

Porém, no início da noite de hoje, o município de Santo Ângelo registrou o sétimo óbito por Covid-19.  Trata-se de um homem de 79 anos, que morava no Lar da Velhice Isabel Oliveira Rodrigues. Ele faleceu na UTI do Hospital Santo Ângelo, onde ontem internou pela segunda vez, em poucos dias.

 De acordo com o atestado de óbito do paciente, além da confirmação da infecção por Covid-19, houve notificação de insuficiência respiratória aguda, pneumonia e infecção respiratória aguda. Este é o segundo óbito desde a confirmação de surto do novo coronavírus no Lar Isabel, que até agora registrou 26 casos da doença, ou seja, 18 idosos e oito funcionários. 

Até a noite desta segunda-feira, Santo Ângelo registra 118 casos de Cocid-19, com 38 casos ativos, 73 pacientes recuperados e sete óbitos. Dos 38 pacientes ativos, 32 estão em isolamento e seis hospitalizados, com três pacientes na UTI. São 17 casos suspeitos que aguardam o resultado de exames do Laboratório Central do Estado (Lacen).

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!