Busca rápidaX

MANCHETES

Governo do RS retoma convênio com IBGE para cálculo do PIB

13 de setembro de 2019

O Governo do Estado retomou o acordo de cooperação com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para, especialmente, calcular o Produto Interno Bruto (PIB) gaúcho. O ato de assinatura do convênio ocorreu na manhã desta sexta-feira (13) no Centro Administrativo em Porto Alegre e tem validade até dezembro de 2023. O cálculo do PIB do Rio Grande do Sul deixa de ser elaborado pela Fipe e volta a ser responsabilidade do Departamento de Economia e Estatística (DEE), ex-Fundação de Economia e Estatística, vinculada a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão.

A Secretária de Planejamento, Leany Lemos, destaca que a retomada do convênio com o IBGE vale também para outros indicadores a serem produzidos como contagem populacional, o Idese e também indicadores do agronegócio, que já foram divulgados na Expointer e serão atualizados a cada trimestre. A secretária ressalta que o DEE tem a capacidade de produzir os indicadores de imediato e assim o próximo cálculo do PIB gaúcho, referente ao segundo trimestre, será divulgado na primeira quinzena de outubro pelos pesquisadores do departamento.

Com a retomada do convênio com o IBGE, o Governo do Estado conseguiu reduzir o contrato com a Fipe, que elaborava os indicadores sem os dados do Instituto, que não permite repassar as informações a terceiros. De acordo com Leany Lemos, o Rio Grande do Sul era o único Estado fora da rede com o IBGE e as análises a serem produzidas a partir destes dados confiáveis e isentos fortalecem a administração pública. A secretária informa que a revisão do contrato foi o máximo permitido por lei, quase 25%, equivalente a uma economia de R$ 780 mil por ano aos cofres públicos. Um cancelamento do contrato não está descartado no futuro, caso o Departamento de Economia e Estatística consiga produzir todos os estudos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!