Busca rápidaX

“Governo Estadual tenta chantagear os municípios”, diz presidente da Amuplam

9 de outubro de 2020
Presidente da Amuplam e prefeito de Pejuçara, Eduardo Buzzatti

O Prefeito de Pejuçara e Presidente da Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) Eduardo Buzatti explicou, nesta Sexta Feira (09), o que levou os onze municípios da região a não retomar as aulas presenciais neste ano de 2020. Segundo o gestor, não há como garantir a segurança dos profissionais de educação, alunos e professores, quanto ao contágio do novo Coronavírus.  Buzzatti ainda ressaltou que uma pesquisa mostrou que mais de 90% dos pais ou responsáveis pelos alunos, não concordam com a retomada presencial neste momento.

O plano dos Prefeitos da Associação dos Municípios do Planalto Médio é estruturar o ano letivo de 2021 a partir de Março e traçar uma meta de recuperação de conteúdos que não puderam ser aplicados em 2020. Eduardo Buzzati foi além, disse que o governo do Estado faz uma espécie de chantagem com as associações de municípios, forçando uma retomada das atividades.  Isso porque, existe uma parceria entre Estado e Prefeituras para o deslocamento de alunos através do transporte escolar.

Buzatti, que também é vice-presidente da Famurs, disse que as 27 associações dos municípios do Rio Grande do Sul não devem retomar as aulas presenciais neste ano, seguindo a orientação do Conselho Nacional de Educação.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!