Busca rápidaX

MANCHETES

Governo federal reconhece situação de emergência de Santo Ângelo por conta da estiagem

20 de janeiro de 2022

O Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, reconheceu, ontem, 19, a situação de emergência em Santo Ângelo por conta da estiagem. O Governo do Estado já havia emitido parecer favorável ao decreto municipal.
O processo para a homologação da situação de emergência concentrou-se na reunião de documentos e comprovações de informações por parte da Defesa Civil de Santo Ângelo para alimentação do sistema gerenciado pela Defesa Civil Nacional, no qual os municípios fazem decretações de situações de anormalidade, utilizando-se deste canal para obter o reconhecimento federal da situação de anormalidade.
O decreto de situação de emergência assinado pelo prefeito Jacques Barbosa entrou em vigor no dia 31 de dezembro de 2021 sendo embasado pelo levantamento realizado pela Emater local apontando um prejuízo superior a R$ 200 milhões com perdas nas lavouras de milho e soja, redução na produção da bacia leiteira e na pecuária de corte, além de quebra na cultura de hortifrutigranjeiros.
APOIO DO MUNICÍPIO
O estudo mostra que cerca de 5,2 mil pessoas são afetadas diretamente pela estiagem. A Defesa Civil Municipal e a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania estão atendendo 300 famílias do interior que sofrem com racionamento de água potável além da falta do líquido para dessedentação animal.
Uma força-tarefa envolvendo as secretarias municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente está trabalhando na abertura e adequação de bebedouros. Além disso, a Secretaria de Desenvolvimento Social está disponibilizando cestas básicas para famílias do interior, mediante avaliação técnica do setor de assistência social.
Fonte: Radio Progresso de Ijuí e prefeitura
error: Conteúdo protegido!