Busca rápidaX

MANCHETES

Governo gaúcho deverá aumentar em R$ 20 milhões orçamento da Consulta Popular de 2022

22 de novembro de 2021

De forma voluntário, os eleitores do Rio Grande do Sul podem votar, de hoje até o próximo dia 30, na Consulta Popular do governo estadual, parceria com os Conselhos Regionais de Desenvolvimento. Diante disso, é possível elencar projetos para receber dinheiro do Estado no ano que vem. A votação acontece apenas de maneira digital, ou seja, pelo site consultapopular.rs.gov.br ou através do aplicativo Colab, que pode ser baixado gratuitamente. O votante escolhe a região a que pertence e o município e, após, vota num dos projetos que está na lista.

O Conselho Regional de Desenvolvimento do Noroeste Colonial, com sede em Ijuí, abrangência de 11 municípios, tem cinco projetos. Uma das propostas é para aquisição de veículos para a Emater e outra se refere a apoio para pequenas empresas e microempreendedores individuais, através de cursos de qualificação. Também está na lista de votação projetos de apoio a agroindústrias familiares, qualificação de pessoal e aquisição de material para oficinas com idosos, além do incentivo à bacia leiteira. O Corede Noroeste Colonial tem direito a 942 mil, 857 reais na Consulta Popular deste ano. O projeto mais votado vai receber 424 mil, 285 reais; o segundo, 282 mil, 857; e o terceiro, 235 mil, 714 reais.

Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o presidente do Fórum dos Coredes, Roberto Luis Visoto, pediu que a população vote na Consulta Popular, até porque esse é um dos meios que o governo gaúcho se orienta para definir investimentos. Para esse ano, o governo do Rio Grande do Sul disponibiliza 30 milhões de reais para a Consulta Popular. Roberto Vissoto adiantou que para o próximo ano, o Estado deverá garantir 50 milhões de reais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!