Busca rápidaX

HCI divulga nota de esclarecimento desmentindo notícias falsas e maldosas espalhadas em redes sociais

17 de julho de 2020

NOTA DE ESCLARECIMENTO

ASSOCIAÇÃO HOSPITAL DE CARIDADE IJUÍ, em decorrência do vídeo que circula no FACEBOOK e em grupos de WhatsApp, vem a público esclarecer o que segue:

Os atendimentos prestados por esta Instituição Hospitalar de pacientes com suspeita e/ou confirmação de COVID-19, são realizados com rigorosa observância aos protocolos e determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), os quais podem ser acessados através do seguinte endereço eletrônico:

http://portal.anvisa.gov.br/…/ab598660-3de4-4f14-8e6f-b9341….

Especificamente em relação ao paciente Sr. O. D. M., informa-se que este deu entrada neste Hospital na data de 08/07/2020, apresentando sintomas relativos ao COVID-19, sendo submetido a coletada de PCR para SARSCOV2 na data de 10/07/2020. A partir do momento da internação, devido às fortes suspeitas de infecção pela COVID-19, o paciente recebeu o tratamento médico e demais cuidados indicados para a doença, inclusive quanto ao isolamento, na forma especificada nos protocolos médicos emanados da ANVISA.

Devido ao agravamento do seu estado de saúde, o paciente veio à óbito no dia 13/07/2020, às 23:40 horas.

O material coletado para realização do referido exame, foi encaminhado para o Laboratório Central do Estado do RS (LACEN), localizado na cidade de Porto Alegre, tendo o resultado negativo para a vírus retornado para o Hospital no dia 14/07/2020, portanto, um dia após o óbito.

Quanto aos procedimentos a serem adotados no caso de o paciente evoluir para óbito com infecção confirmada ou suspeita de COVID-19, como foi o caso do Sr. O. D. M., mesmo que ainda não tenha sido recebido o resultado definitivo do exame para detecção da contaminação, os protocolos das autoridades sanitárias indicam:

– Durante os cuidados com o cadáver, só devem estar presentes no quarto ou área de localização, os profissionais estritamente necessários (todos com EPI);

– Todos os profissionais que tiverem contato com o cadáver, devem usar: gorro, óculos de proteção ou protetor facial, máscara cirúrgica, avental impermeável e luvas. Se for necessário realizar procedimentos que geram aerossol como extubação, usar N95, PFF2, ou equivalente.

– Acondicionar o corpo em saco impermeável à prova de vazamento e selado;

– Preferencialmente colocar o corpo em dupla embalagem impermeável e desinfetar a superfície externa do saco (pode-se utilizar álcool a 70º, solução clorada [0.5% a 1%], ou outro saneante desinfetante regularizado junto a Anvisa).

– Identificar adequadamente o cadáver;

– Identificar o saco externo de transporte com a informação relativa a risco biológico; no contexto da COVID-19: agente biológico classe de risco 3;

– Todos os procedimentos indicados pelas autoridades sanitárias foram adotados, visto que, tendo o óbito ocorrido em 13/07/2020, ainda não havia chegado ao Hospital o resultado do exame realizado, o qual, como já indicado, somente aportou à instituição em 14/07/2020.

– Quanto aos procedimentos adotados a partir do momento em que o corpo foi retirado do Hospital, inclusive quanto aos atos fúnebres, não cabe a este, qualquer responsabilidade ou indicação da forma de condução do velório e enterro.

Por fim, esclarece-se que são absolutamente falsas as afirmações feitas pelas pessoas que promoveram a gravação e divulgação do citado vídeo, de que o hospital recebe recursos financeiros por registro de casos suspeitos ou óbitos de pessoas com COVID-19. Os valores destinados para tratamento de pacientes com Coronavírus são predefinidos de acordo com critérios técnicos estabelecidos pela Secretaria Estadual de Saúde do RS e pelo Ministério da Saúde.

Assim, reafirma-se que o Hospital de Caridade Ijuí, através de seu corpo profissional e diretivo, atua de forma clara e transparente, tendo como fundamento básico e exclusivo o de prestação de serviço de saúde com observância das normas legais e com estrito respeito aos pacientes e familiares, sendo inaceitáveis acusações levianas e inverídicas quanto ao seu modo de agir, como se mostram as constantes no vídeo em circulação.

Ijuí-RS, 17 de julho de 2020.

ASSOCIAÇÃO HOSPITAL DE CARIDADE IJUÍ
Cícero Tremea dos Santos – Presidente em Exercício

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí.