Busca rápidaX

HCI registrada 162 casos novos de câncer de mama

7 de outubro de 2020

O câncer de mama é o segundo tipo mais comum da doença no mundo e o mais frequente entre as mulheres, respondendo por 29,7%dos casos no Brasil, conforme levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA). O número anual de ocorrências no país é estimado em cerca de 60 mil e ainda segundo o INCA, as taxas de mortalidade por câncer de mama no Brasil continuam elevadas, e um dos prováveis motivos é o diagnóstico tardio.

Segundo levantamento do Centro de Alta Complexidade em Oncologia(Cacon) do Hospital de Caridade de Ijuí(HCI), o ano de 2019 fechou com mil quatrocentos e quarenta e sete mulheres em tratamento da doença, sendo registrado 199 casos novos.

Neste ano, estão em tratamento, mil trezentos e oitenta e três mulheres, sendo 162 casos novos, até o momento. O médico mastologista do Cacon Gerson Delazari alerta que as mulheres precisam vencer a barreira do preconceito e buscar apoio médico e garantir o exame de mamografia, primordial na prevenção e no diagnóstico precoce. “

Quanto mais cedo for o diagnóstico, melhor são as chances, tanto do tratamento, quanto mais são as chances de cura, então enfatizando, a campanha Outubro Rosa, é o mês da conscientização e prevenção do câncer de mama”, disse o mastologista.

O exame clínico das mamas deve ser feito uma vez por ano pelas mulheres que têm entre 40 e 49 anos. A partir dos 50, a mamografia (raio-x das mamas) deve ser realizada a cada dois anos, ou de acordo com prescrição médica. “Uma vez constatada a presença de uma lesão suspeita, o médico indicará uma biópsia, que determinará se o tumor é maligno ou não. Caso o resultado seja positivo, o tratamento pode ser feito com quimioterapia, radioterapia e através de intervenções cirúrgicas para remover o nódulo. A mastectomia (retirada total da mama) é indicada somente em casos mais graves”, adianta o especialista do CACON.

Atualmente, o HCI através do serviço de imagenologia, tem uma das melhores tecnologias disponibilizadas na área da detecção do câncer de mama. Segundo o médico radiologista André Frizon, o HCI Imagem fez importantes aquisições como um mamógrafo 100% digital com detector plano amorfo de selênio, para exames de mamografia, com gerador de alta frequência.

“Este equipamento é único na região noroeste e um dos mais modernos que existe”, explica Frizon. O HCI Imagem disponibiliza o telefone 55 3331-9350 para agendamento e informações.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e HCI
error: Conteúdo protegido!