Busca rápidaX

MANCHETES

Homem é condenado a mais de 94 anos por abusar de sobrinhos

9 de fevereiro de 2018
Um homem de 58 anos foi condenado a 94 anos, seis meses e seis dias de prisão por ter abusado de cinco crianças, que são seus sobrinhos. Ele respondeu ao processo em liberdade, mas foi preso, com a sentença, na manhã desta quinta-feira (8), no bairro São José, em Porto Alegre. A decisão em primeiro grau é do juiz André de Oliveira Pires, da 6ª Vara Criminal do Foro Central da capital gaúcha.

De acordo com o Ministério Público, que denunciou o agressor, os crimes começaram a ser relatados por quatro meninas e um menino no ano de 2013. O homem era companheiro de uma tia das vítimas e todos moravam em residências situadas no mesmo pátio.

Conforme a denúncia, as meninas relataram uma sequência de abusos parecidos. Já com o menino, o réu se comportava de outra forma, mas também concretizando uma série de violências de natureza sexual. As crianças tinham entre cinco e nove anos quando os abusos começaram e se perpetraram por mais de cinco anos.

A ação do réu foi descoberta aos poucos, pois as crianças, cansadas de receber ameaças, decidiram contar o que vinha acontecendo. As mães procuraram a polícia para denunciar os crimes, porém, antes disso, alertaram a companheira do abusador, que não acreditou na família.

Segundo a promotora de Justiça Claudia Regina Lenz Rosa, os crimes imputados ao acusado configuram "crimes hediondos" e, por isso, a exigência foi de forte resposta por parte do estado. As crianças, que apresentaram diversas sequelas em consequências dos abusos, seguem recebendo acompanhamento psicológico.

O réu, que não teve o nome divulgado para preservar a identidade das vítimas, também foi indiciado por abuso sexual de outras duas meninas, estas, suas netas biológicas.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
error: Conteúdo protegido!