Busca rápidaX

Homem é preso em Frederico Westphalen em operação nacional contra pornografia

25 de novembro de 2020
Foto: Polícia Civil

Na manhã desta quarta-feira (25) foi deflagrada a Operação Black Dolphin, uma operação integrada das Polícias Civis de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O objetivo da operação é combater crimes sexuais infanto-juvenis, tanto no meio virtual, quanto fora dele. Por meio da Polícia Civil de SP foi realizado o levantamento de aproximadamente 220 alvos espalhados em todo estado de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. No Estado, mais de 50 policiais civis, com o apoio de peritos do Instituto Geral de Perícia, cumprem nove mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão. As ordens judiciais estão sendo cumpridas em Porto Alegre, Gravataí, Pelotas, Rio Grande, Santa Rosa, Três de Maio, Frederico Westphalen, Soledade e Carazinho. Quatro pessoas foram presas no Rio Grande do Sul até o momento. As prisões aconteceram em Gravataí, Porto Alegre, Pelotas e Frederico Westphalen. Em Frederico Westphalen, um homem de 34 anos, possuía mais de 2.000 arquivos de pornografia de crianças e adolescentes, além de compartilhar as imagens. Em São Paulo, 32 pessoas já foram presas, em Minas Gerais duas e no Rio de Janeiro uma pessoa presa. Os alvos das operações são suspeitos de produzir, divulgar, publicar, compartilhar, armazenar e comercializar fotos e vídeos de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito, inclusive estupros e abusos.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Polícia Civil
error: Conteúdo protegido!