Busca rápidaX

Homem preso na sexta-feira e posto em liberdade no sábado, é recapturado pela BM em Ijuí

23 de agosto de 2021

Um homem, identificado como Leomar Gonçalves Vieira, de 34 anos, vulgo Ceará, que já havia sido preso em Ijuí na sexta-feira, dia 22, por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e reconhecido por crime de roubo majorado no interior do município, foi recapturado hoje, 23. Ele havia sido posto em liberdade no sábado, um dia depois da primeira prisão, após decisão da juíza de plantão. Hoje, o Poder Judiciário reviu sua decisão de soltura e deferiu novo mandado de prisão, quando o homem foi recapturado pela BM e encaminhado à Penitenciária Modulada de Ijuí. 

ENTENDA A PRISÃO DA SEXTA-FEIRA:

Foi com uma investigação precisa e uma abordagem certeira que agentes da 2ª Delegacia de Polícia de Ijuí conseguiram prender uma dupla acusada de uma série de assaltos cometidos no município. Em três ocorrências distintas, os suspeitos teriam roubado duas famílias no interior e uma no Centro, e ainda extorquido uma vítima que perdeu cerca de R$ 15 mil em dinheiro.

Acompanhados de policiais militares da Força Tática, os agentes da Polícia Civil agiram durante a tarde desta sexta-feira no bairro Independência. Após as investigações apontarem quem seriam os autores dos crimes, foi dado o cumprimento de mandados de busca e apreensão.
Os acusados são de fora do Estado. Um deles foi identificado como o foragido Pablo dos Reis Gonçalves, de 20 anos, natural Guaraí, Tocantins (foto). Ele é acusado de praticar uma série de crimes em Tupirama, inclusive se utilizando de uma arma de brinquedo. O outro é o cearense Leomar Gonçalves Vieira, de 34 anos, este que já havia sido preso em Ijuí por tráfico de drogas.

A dupla é acusada de render um homem na localidade de Faixa Velha para Cruz Alta, no dia 10 de agosto, e roubar uma motocicleta. Posteriormente, na semana passada, teriam invadido uma casa nas proximidades da Sogi e levado dinheiro e celulares. Na quarta-feira, dia 18, com a moto roubada no primeiro assalto, a dupla teria invadido uma residência em Alto da União e, além de roubar uma caminhonete – que foi encontrada um dia depois pela Brigada Militar no bairro Glória -teriam levado anéis, celulares, dinheiro e cartões de crédito.

Durante o flagrante, os policiais encontraram inúmeros objetos pertencentes às vítimas e aos criminosos. Foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 20, 178 munições dos calibres 9 milímetros, 380, 38, 22 e 20, além de um coldre para balas de revólver.
Também foram apreendidas duas toucas ninja, um relógio, mochilas, identidades falsas, oito celulares, a televisão 32 polegadas, bem como caixas de som, spray de tinta preta utilizado para pintar a motocicleta roubada, além de R$ 1.417 em espécie e os capacetes usados nos crimes.

Leomar Gonçalves Vieira e Pablo dos Reis Gonçalves foram conduzidos à Delegacia de Polícia. Posteriormente foram encaminhados à Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí.

“Foram feitas inúmeras diligências para descobrirmos e comprovarmos a autoria. Com essas prisões a Polícia Civil evitou uma série de outros delitos. Os quatro crimes foram cometidos pela mesma dupla armada, ambos com toucas ninjas e capacetes num intervalo de menos de 10 dias, o que causou certa intranquilidade na população”, disse o delegado Gustavo Arais.

Em suma a dupla responderá por roubo duplamente majorado pelo emprego de arma de fogo e concurso de agentes, extorsão duplamente majorada, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e receptação (armas furtadas do prefeito de Brasilândia – município do Mato Grosso do Sul).

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!