Busca rápidaX

Homens são condenados por ataque a tiros ocorrido em 2017 no último júri do ano em Ijuí

27 de novembro de 2020

Por volta das 22h de quinta-feira (26), três homens foram condenados pelo júri em Ijuí sob acusação de ter praticado um ataque a tiros em 2017, que matou um jovem e deixou outro ferido, no bairro 15 de novembro. Um dos homens julgados é Felipe de Almeida Rolim, mais conhecido como Medina, líder de facção que atua no Estado. Medina foi apontado como mandante do crime. Os demais acusados que foram julgados, são apontados como executores. A sentença do juiz Eduardo Giovelli, condenou Medina por por um homicídio consumado triplamente qualificado e um homicídio tentado triplamente qualificado. Ele cumprirá pena total de 32 anos e seis meses de prisão. No momento ele encontra-se preso na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas. Já Erion Langner e Vander Bitencourt foram condenados por homicídio consumado triplamente qualificado e um homicídio tentado triplamente qualificado. Vander ainda foi condenado por receptação e porte de arma. Erion vai cumprir 22 anos e seis meses de prisão, enquanto Vander foi condenado a 34 anos e cinco meses de detenção. Ambos em regime fechado. Eles se encontram presos na Penitenciária Modulada de Ijuí. Este foi o último júri do ano em Ijuí.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!