Busca rápidaX

Homens são multados em R$ 226 mil por pesca predatória em Uruguaiana

16 de julho de 2017
Dois homens foram multados em R$ 226 mil na manhã de sábado (15), em Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, por pescar mais que o permitido. Um deles é um empresário aposentado, que já vinha sendo investigado há alguns meses pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Ele estava acompanhado de um amigo que atuava como autônomo e não possuía carteira de pescador amador.

A dupla foi parada no posto da Polícia Rodoviária Federal na BR-290 e flagrada com cerca de 300 quilos de peixes das espécies piava e mandi (pintadinho). A pesca dessas espécies não é proibida, mas a carteira de pescador amador do empresário só permitia a pesca de até 10 quilos de peixe. Por isso, o caso se enquadra como pesca predatória.

A multa por matar pescado da flora nativa sem autorização é de R$ 500 por cada peixe excedende, resultando no valor de R$ 113 mil para cada um dos pescadores. A suspeita é de que eles vinham de Barra do Quaraí depois de pescarem no Rio Uruguai.

O veiculo utilizado para o transporte do pescado foi apreendido. A dupla foi autuada e liberada.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Acompanhe nas Redes

by @TwitterDev
error: Conteúdo protegido!