Busca rápidaX

Hospitais para cuidados prolongados na região de Ijuí faz parte de recurso para reverter bandeira vermelha

17 de agosto de 2020
Foto: Ilustração

O governo do Rio Grande do Sul vai divulgar entre o final da tarde e início da noite de hoje as bandeiras para esta semana referente ao distanciamento controlado sobre a Covid-19. Até ontem pela manhã os municípios e regiões puderam apresentar recurso à classificação preliminar publicada na última sexta-feira.

Agora, o comitê de crise do Estado avalia os argumentos para estabelecer as bandeiras que irão vigorar nessa nova rodada, de amanhã até segunda-feira que vem. As regiões de Ijuí, Santo Ângelo, Santa Rosa, Cruz Alta e Palmeira das Missões foram pré-classificadas na bandeira vermelha.

Das cinco regiões, apenas a de Palmeira das Missões está na classificação vermelha referente à semana que termina hoje. As demais regiões estão na cor laranja, que é um pouco mais branda que a vermelha.

No caso da região 13, de Ijuí, a Associação dos Municípios do Planalto Médio, protocolou recurso para que a área permaneça na bandeira laranja. Segundo a Amuplam, os dados dos últimos dias apontaram que os leitos Covid-19 fora de UTI Adulto na região tinham somente 7,4% de taxa de ocupação entre confirmados e suspeitos com a doença. O recurso diz, ainda, que a maioria dos tratamentos para Covid-19 não requer hospitalização.

A associação ainda argumenta que há pacientes pertencentes a outras regiões internados nos hospitais Unimed Noroeste e de Caridade, em Ijuí, que ocupam leitos de UTI, ou seja, números que não integram a realidade da região 13.

Por outro lado, a Amuplam discorda de dados do governo gaúcho sobre número de pacientes no HCI confirmados ou suspeitos da Covid-19. Para tentar reverter a bandeira vermelha para a região, a Amuplam também ressalta que precisa ser considerada a ampliação da capacidade de leitos na região de Ijuí, proporcionada pela portaria que autoriza, temporariamente, a utilização dos leitos de hospitais de pequeno porte para cuidados prolongados.

Três casas de saúde da região 13 receberam essa autorização, ou seja, os hospitais de Campo Novo, Chiapetta e São Martinho. Com isso, os hospitais maiores terão mais disponibilidade de leitos para tratamento de casos ligados à Covid-19.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!