Busca rápidaX

MANCHETES

Hospital Unimed Noroeste investe em respiradores para atender pacientes com Covid

22 de dezembro de 2020
Médicos e equipes de Enfermagem e Fisioterapia participaram de treinamento para uso dos respiradores

Seis novos equipamentos foram incorporados nesta semana ao Hospital Unimed Noroeste/RS, em Ijuí, para atender demandas relacionadas a síndromes respiratórias, um dos principais sintomas de pacientes acometidos pela Covid-19. Entre os investimentos estão dois respiradores Servo-air, da marca Maquet, que serão utilizados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva, por pacientes que demandam de ventilação pulmonar. As aquisições contemplam parte do Plano de Contingência da instituição, que vem sendo constantemente adequado para o enfrentamento da doença.

Também passam a ser utilizados outros dois equipamentos purificadores de ar, um sistema específico de climatização com filtragem, destinados para os leitos de pacientes com sintomas suspeitos ou diagnóstico positivo de Covid-19 em UTI, ambos da marca Enebras. Houve ainda a incorporação de mais dois aparelhos com sistema de oxigenioterapia, da tecnologia Airvo 2 (Fisher e Paykel). Este Sistema de Alto Fluxo Umidificado, com cânula nasal Optiflow, é desenvolvido para pacientes em tratamento contínuo, especialmente para os que apresentam insuficiência respiratória hipoxêmica, ou seja, baixo nível de oxigênio no sangue.

Embora o Hospital Unimed venha se adequando às necessidades estruturais desde o início da pandemia, segue constante a preocupação com o significativo aumento de confirmações da doença e a gravidade dos casos. Entre setembro e novembro a instituição registrou crescimento de 339% nos diagnósticos positivos da Covid-19, notificados aos órgãos de saúde. Neste dado estão pacientes que necessitaram de internação e também aqueles com sintomas mais leves, identificados através dos exames coletados pelo serviço, mas que puderam se recuperar em casa.

“Mesmo com estes investimentos, os recursos materiais, de estrutura e humanos podem ser limitados caso não haja a conscientização da população para a modificação de suas rotinas, de forma a reduzir a contaminação pelo novo Coronavírus. A situação é preocupante e as orientações devem sim ser seguidas, de modo que prevaleça o distanciamento social, o uso de máscara de proteção e a higienização adequada das mãos”, explica o diretor-técnico do Hospital Unimed, médico Jorge Montardo.

O Pronto Atendimento também apresenta demanda expressiva de atendimentos. Além do mais, segundo Montardo, há uma atenção constante da instituição para conseguir atender as demandas relacionadas à outras patologias nos diferentes setores.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e Unimed Noroeste
error: Conteúdo protegido!