Busca rápidaX

Hotéis de Ijuí fecham 2020 com grande redução de hospedagens e faturamento em razão da pandemia

7 de janeiro de 2021

Vários setores da economia são afetados pela pandemia da Covid, mesmo com certa retomada das atividades nos últimos meses. Uma das áreas que sofre financeiramente é a rede hoteleira. A RPI buscou informações em hotéis de Ijuí. Maurício Michaelsen, proprietário do hotel Vera Cruz, disse que no ano passado houve redução de mais de 50% nas hospedagens e no faturamento em relação a 2019.

Já o Hotel Jardim Europa informou que em 2020 a ocupação dos quartos foi muito baixa principalmente de março a julho. No mês de abril a diminuição de clientes foi de 90% em relação à média histórica, justamente quando a pandemia causou o fechamento de muitos segmentos. Já de maio a agosto a lotação subiu para cerca de 45%. Já em setembro e outubro ficou em 60%. O proprietário do Jardim Europa, Guilherme Fengler, comentou que nos períodos de natal e fim de ano foram realizadas campanhas com foco no publico regional, o que trouxe bons resultados. Fengler destacou que pelo fato de muitas pessoas não viajarem para praias ou outros locais distantes nestas férias, devido à pandemia, o hotel trabalha para atrair moradores da região que pretendem descansar em local com menos aglomeração. E isso também deverá ser a ênfase para o período de carnaval.

O Hotel Fórmula 4, também de Ijuí, desde agosto de 2020 apresenta lotação média de 30 a 40% da capacidade. No geral, ano passado, a empresa contabilizou queda de 50% na ocupação dos quartos. O Hotel e Spa Fonte Ijuí, por sua vez, registrou certa melhora de clientes no final do ano, mas no geral a ocupação tem redução de 30%. Além disso, a perspectiva para este mês e fevereiro não é muito boa.

Argentinos

Um fator que poderia ajudar os hotéis ijuienses no atual momento com maior movimento se refere aos argentinos, que nas férias tradicionalmente se deslocam bastante para as praias brasileiras e pernoitam em Ijuí na ida ou volta do litoral. Porém, a Covid fechou as fronteiras para turismo e sequer houve pesquisa dos moradores da Argentina por preço de estadias ou reserva de quartos em hotéis da Colmeia do Trabalho. Costumeiramente, após a virada de ano e até a primeira quinzena de fevereiro acontecia maior movimento de argentinos em hotéis locais.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!