Busca rápidaX

MANCHETES

Ijuí recebe confirmação do primeiro caso de febre Chikungunya. Paciente já está recuperada

8 de abril de 2021

A 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Santo Ângelo, relatou nesta manhã (08) a preocupação com os casos de febre Chikungunya, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. O coordenador regional de Saúde, Yuri Sommer Zabolotsky, disse que no município de São Nicolau estão confirmados 45 casos da febre, além de várias pessoas com suspeita da patologia.

Em Ijuí, segundo o coordenador de Vigilância Ambiental, Rinaldo Pezeta, nesta manhã (08) chegou a confirmação do primeiro caso de febre Chikungunya. Trata-se de uma mulher que havia viajado ao município de São Nicolau, onde os casos estão disparados. No entanto, segundo Pezeta, o resultado do exame demorou pra chegar e atualmente a paciente já está recuperada e fora do período de viremia.

Após a confirmação, segundo Pezeta, uma equipe da Vigilância desenvolveu o trabalho de bloqueio com inseticida e, a princípio, essa foi a única notificação até agora.

Os principais sintomas são febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos. Pode ocorrer ainda dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele.

Diante do cenário é importante que a população redobre os cuidados, mantendo a limpeza de pátios e demais locais, principalmente para evitar água parada, o que ajuda a proliferar o inseto, que também transmite o vírus da dengue. Em Ijuí, já são 11 casos de dengue neste ano.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!