Busca rápidaX

MANCHETES

Ijuí tem falta de fiscais para atuar em relação a vendedores ambulantes

2 de dezembro de 2021

Uma realidade vivenciada há muito tempo em Ijuí diz respeito à comercialização de produtos por parte de vendedores ambulantes em vias públicas. Recentemente, o Sindicato do Comércio Varejista do município encaminhou pedido para a prefeitura a fim de que seja intensificada a fiscalização, especialmente neste período de fim de ano, para que não haja concorrência desleal com as empresas.

Durante entrevista hoje pela manhã na RPI, o secretário de Planejamento e Regulação Urbana, Luis Francisco Schröer, o Chico Ortiz, frisou que em alguns momentos a presença de ambulantes se intensifica, por exemplo, no atual período de natal e fim de ano, além da Páscoa. Comentou que muitas vezes essas pessoas estão de passagem pelos municípios e se houver fiscalização, geralmente se mudam para outros locais.

No caso de Ijuí, o secretário destacou que falta funcionários para verificação da situação dos ambulantes. Esclareceu que se dividir a cidade ijuiense por quadrante, o ideal é de, ao menos, quatro fiscais por área, porém, no momento, existe local com apenas um profissional. Ambulantes podem vender mercadorias em Ijuí, no entanto, é preciso pagar taxa na administração municipal para receber a licença.

Luis Francisco Ortiz ainda observa que neste ano uma determinação do governo federal impede a contratação de servidores, visto a crise financeira causada pela Covid. O secretário espera que essa legislação termine no fim deste ano, para poder ampliar a equipe de fiscalização.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Radio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!