Busca rápidaX

Ijuiense integra Associação de vítimas da Covid-19 que pede responsabilização de Bolsonaro

14 de junho de 2021

A Associação de Vítimas e Familiares de Vítimas da Covid-19 (Avico Brasil) protocolou junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma representação criminal contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por negligência em relação à pandemia. A Associação conta com a participação e consultoria jurídica da advogada Pâmela Copetti Ghisleni (foto), filha de Jaime Ghisleni, que perdeu a batalha contra a Covid-19 recentemente. Até esta segunda-feira, 14, a covid-19 provocou a morte de mais de 480 mil pessoas. Essa é a primeira ação coletiva de vítimas e familiares no Brasil e a segunda no mundo – em junho de 2020 um pedido de responsabilização semelhante foi feito na Itália.

Em entrevista à RPI, Pâmela disse que o objetivo da associação, além de ingressar com a ação crime contra o Presidente, é acolher familiares e amigos de vítimas da Covid, oferecendo inclusive apoio psicológico a estas pessoas. “Trabalhamos na tentativa de auxiliar estas pessoas, nas diferentes formas”.

A Avico requer que a PGR ofereça denúncia contra o presidente Bolsonaro no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes previstos nos Artigos 132 (“Perigo para a vida ou saúde de outrem”), 257 (“Subtração, ocultação ou inutilização de material de salvamento”), 268 (“Infração de medida sanitária preventiva”), 315 (“Emprego irregular de verbas ou rendas públicas”) e 319 (“Prevaricação”), todos do Código Penal.

A representação traz fartos argumentos que comprovam que, apesar das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de cientistas, o presidente Bolsonaro tomou decisões que colocaram deliberadamente em risco a vida e inclusive levaram brasileiros à morte por covid-19. Pamela reiterou, em entrevista, que o presidente foi negligente, especialmente ao lidar com a vacinação. “Se o meu pai tivesse sido vacinado, talvez ainda estivesse aqui conosco”. 

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí
error: Conteúdo protegido!