Busca rápidaX

MANCHETES

Internação de jovens nas UTIs brasileiras atinge recorde na pandemia

11 de abril de 2021

O número de pacientes mais jovens internados nas Unidades de Tratamento Intensivo brasileiras ultrapassou o de pessoas com mais de 40 anos.

UTIs lotadas e pacientes intubados representam o que a Covid tem de mais assustador. No começo da pandemia, leitos eram ocupados principalmente por idosos com doenças pré-existentes, como diabetes e hipertensão. Agora, pouco mais de um ano depois, o perfil é outro.

Um levantamento da Associação de Medicina Intensiva Brasileira confirma o que os médicos já vinham observando no dia a dia: os mais jovens são maioria nas UTIs do país. No mês passado, 52% das internações nas unidades de terapia intensiva foram de pessoas com até 40 anos.

É o maior percentual já registrado durante a pandemia. Entre setembro do ano passado e fevereiro desse ano, pacientes dessa faixa etária eram 44% dos internados nas UTIs.

Os números reforçam essa tendência. Em março, 68% dos pacientes internados em UTIs precisaram de ventilação mecânica; 39% a mais do que o registrado entre dezembro de 2020 e fevereiro deste ano.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Fonte: Rádio Progresso de Ijuí e G1
error: Conteúdo protegido!